Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Lafayette de Andrada compõe equipe que analisará Pacote Anticorrupção de Moro

sex, 22 de março de 2019 05:36

Com Assessoria

Parlamentar também  é designado membro de Comissão Especial sobre energia elétrica

O deputado federal Lafayette Andrada (PRB/MG) foi escolhido pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), como um dos sete deputados a fazer parte do grupo de trabalho que irá analisar as mudanças promovidas na legislação penal e processual penal pelos Projetos de Lei (PL) 10372/18 e 10373/18, ambos do ex-ministro da Justiça e atual ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes e PL 882/19, este último o chamado Pacote Anticorrupção do Ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Parlamentar também  é designado membro de Comissão Especial sobre energia elétrica

Parlamentar também é designado membro de Comissão Especial sobre energia elétrica

 

Lafayette é estreante na Câmara, mas começa com grande experiência, pois foi secretário de Segurança Pública de Minas Gerais (2011-2012) e deputado estadual de Minas Gerais por três mandatos consecutivos (2007-2019).

O grupo parlamentar vai trabalhar em conjunto com um grupo criado no ano passado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para discutir políticas de segurança pública. Este grupo é presidido pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes.

Deputados e juristas terão o prazo de 90 dias para analisar os projetos com setores da sociedade civil e com a comunidade jurídica. O debate subsidiará o trabalho da comissão especial que será instalada na Câmara em seguida para apreciar as três propostas.

Também participam do grupo parlamentar os deputados Capitão Augusto (PR-SP), Margarete Coelho (PP-PI), João Campos (PRB-GO), Orlando Silva (PCdoB-SP), Subtenente Gonzaga (PDT-MG) e Hildo Rocha (MDB-MA)

Energia elétrica

O parlamentar também foi designado membro da Comissão Especial destinada a apreciar a Medida Provisória 855/2018, que dispõe sobre concessões de distribuição de energia elétrica. Para o deputado, “as questões referentes à energia elétrica devem ser analisadas considerando o impacto positivo que a ampliação da rede e redução no custo podem gerar para o cidadão, sem esquecer da sustentabilidade do processo de geração e distribuição”.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: