Quarta-feira, 19 de Junho de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Ladrões explodem caixa eletrônico no Centro, mas fogem sem dinheiro

qui, 14 de novembro de 2013 16:03
A invasão ocorreu por volta de 4h de ontem<br> na agência do Banco do Brasil.<br> Foto: Gazeta do Triângulo

A invasão ocorreu por volta de 4h de ontem na agência do Banco do Brasil. Foto: Gazeta do Triângulo

DA REDAÇÃO – Três homens participaram de uma tentativa de furto na madrugada desta quarta-feira, em Araguari, na agência do Banco do Brasil. Após explodirem um caixa eletrônico sem conseguir levar dinheiro, eles fugiram trafegando na contramão e em alta velocidade pela rua Rodolfo Paixão, sentido avenida Coronel Theodolino Pereira de Araújo, em um automóvel Honda/Civic, cor prata, com rodas esportivas, e, até o fechamento desta edição, não tinham sido localizados.

As informações foram apuradas pela Polícia através de testemunhas, sendo um homem que dormia na escadaria daquela agência bancária e outro que trabalha como segurança em uma loja nas proximidades.

Conforme levantado, a invasão ocorreu por volta de 4h. Um dos autores dava cobertura na esquina da avenida Tiradentes, armado com uma pistola, um permaneceu no carro e outro entrou no estabelecimento utilizando uma alavanca. Em poucos minutos, este último preparou a explosão de um dos caixas, no entanto, algo saiu errado, pois o dinheiro continuou intacto. Por conta do impacto, vários danos foram causados, principalmente nas vidraças.

Aproximadamente cinco minutos após o arrombamento, viaturas da Polícia Militar chegaram ao local e providenciaram um cerco/bloqueio nas saídas da cidade, com o auxílio de patrulheiros rodoviários. A suspeita é de que os marginais evadiram utilizando uma estrada vicinal. Todos usavam capuzes.

Uma unidade do Gate – Grupo de Ações Táticas Especiais, de Uberlândia, comandada pelo sargento Fernando Barbosa, vistoriou a agência e informou que foram utilizados artefatos manufaturados, provenientes de pólvora cloratada. A alavanca foi apreendida junto com uma cédula de 20 reais.

Delegado de plantão na 4ª DRPC, Felipe Oliveira Monteiro iniciou as investigações ainda na madrugada, acompanhado pelo perito Daniel. Câmeras de segurança do banco e de lojas do Centro serão analisadas.

Bandidos utilizaram artefatos manufaturados, provenientes de pólvora cloratada, segundo o Gate. Foto: Gazeta do Triângulo

Bandidos utilizaram artefatos manufaturados,provenientes de pólvora cloratada, segundo o Gate.
Foto: Gazeta do Triângulo

MARÇO

Há oito meses, dois homens arrombaram a agência do Banco Brasil. Para entrar, eles forçaram a porta com alavancas. Em seguida, usando dinamites, explodiram um caixa eletrônico. A ação, ocorrida pouco depois das 2h, foi registrada pelo circuito de segurança do estabelecimento e durou apenas um minuto.

O barulho da explosão acordou moradores das proximidades. Ao perceberem muita fumaça no interior do banco, eles acionaram a Polícia Militar, que imediatamente iniciou rastreamentos, mobilizando várias viaturas. Municípios vizinhos também foram comunicados do fato, assim como o GATE, de Uberlândia.

A quantia furtada não havia sido informada no boletim de ocorrência da PM, mas os autores deixaram para trás 24 mil reais, espalhados próximos ao caixa arrombado em notas de 10, 20 e 100.

Com o impacto da explosão, além do caixa eletrônico, foram danificadas portas de vidro temperado, uma máquina de emitir senhas de atendimento, uma divisória de compensado dos caixas e parte da estrutura do teto, entre outros.
Uma testemunha chegou a avistar uma motocicleta, cor prata, com dois homens saindo da porta do banco em direção à praça Getúlio Vargas, no entanto, conforme registrado pelo circuito de segurança, havia um veículo Honda/Civic, cor cinza ou prata, dando cobertura.

Por conta dos indícios de autoria e materialidade, o delegado Rodrigo Luís Fiorindo Faria indiciou Willian Oliveira Borges Assis, Tiago Neves Rodrigues e Fábio Donner Silva Martins, além de um adolescente, pelo delito de furto qualificado, com o concurso de pessoas e formação de quadrilha ou bando.

CASOS ANTERIORES

Em março de 2012, ladrões tentaram arrombar caixas eletrônicos do Banco Mercantil do Brasil, na rua Rui Barbosa, porém, houve um incêndio e os marginais evadiram sem levar nada.

No final de 2011, os ataques aconteceram em caixas nas dependências de um antigo prédio da prefeitura e na Universidade Presidente Antônio Carlos. Os autores levaram dinheiro.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: