Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Jovem de 17 anos escapa de incêndio em residência no bairro Santa helena

ter, 10 de setembro de 2019 05:04

Da Redação

No final de semana, militares atenderam também outro sinistro em madeireira da cidade 

Neste final de semana, equipes da 2ª Companhia de Bombeiros Militar atenderam ocorrências relacionadas a incêndios que atingiram uma residência e comércio no município. Na tarde de sábado, 7, os militares se encaminharam para o bairro Santa Helena, onde testemunhas afirmaram que uma adolescente de 17 anos teve parte do corpo queimado. Chegando ao local, a vítima contou que estava dormindo, quando acordou com seu colchão queimando.

Ocorrências relacionadas a incêndios foram registradas em uma residência e um comércio da cidade

Ocorrências relacionadas a incêndios foram registradas em uma residência e um comércio da cidade

Neste instante, ela saiu correndo para fora do imóvel com a roupa em chamas. De acordo com os militares, foi necessário apoio do resgate para imobilizar e encaminhar a menor para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa). A vítima teve queimaduras nas extremidades das mãos e pés, parte do dorso e nádegas. A equipe de combate ao incêndio permaneceu no local e conseguiu controlar o foco, que atingiu outros cômodos da casa e danificou vários pertences como móveis e eletrodomésticos.

A perícia também compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe, visto que testemunhas contaram que um jovem de 22 anos seria o responsável pelo ocorrido. Testemunhas afirmaram que a motivação seria um acerto de contas entre ele e outro morador da residência. Diante disso, guarnições da Polícia Militar realizaram patrulhamentos pelo município, no intuito de localizar o suspeito, entretanto, o mesmo não havia sido preso até o fechamento desta edição.

No mesmo dia, outro caso foi registrado no bairro Amorim. Desta vez um incêndio atingiu uma pilha de tábuas em uma madeireira. Conforme contou o proprietário, pela manhã recebeu o telefonema de um conhecido que passou em frente ao estabelecimento e avistou as chamas. Neste instante, o alarme da empresa também disparou. Assim, o proprietário foi até o local e constatou que estava ocorrendo um incêndio em seu comércio.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu apagar rapidamente o fogo, contudo, foram queimados aproximadamente quatro metros cúbicos de tábuas. Sobre o ocorrido, a vítima ressaltou ainda que a câmera que estava direcionada para a pilha de tábuas parou de filmar por aproximadamente 1h40. Conforme apurou a reportagem, ainda não foram confirmadas as causas do incêndio.

Mesmo estando dentro da média anual, a quantidade de incêndios ocorridos no município chama a atenção. Os militares alertam ainda para os incêndios que tem acontecido em vegetação. Na quinta-feira, 5, por exemplo, um incêndio florestal foi combatido e debelado pela equipe dentro da reserva permanente da Usina Hidrelétrica de Miranda. Foram queimados 10 hectares, aproximadamente 11 campos de futebol. Assim, três militares empenhados atuaram juntamente com seis brigadistas da empresa na prevenção e combate do fogo e deixaram a área em segurança após cerca de sete horas de trabalho intenso.

Outra ocorrência também foi registrada nesta segunda-feira, 9, em uma propriedade rural próximo a cachoeira de Londrina, situada no distrito de Amanhece. Diante disso, os bombeiros, ressaltam que neste período de seca há registro de até quatro casos diários em vários tipos de vegetação, incluindo terrenos baldios. Assim, a guarnição reitera a necessidade de mudança de conduta no que se refere ao uso do fogo, principalmente como forma de limpeza. É importante ressaltar que, qualquer queima não autorizada é considerada crime; aqueles que forem identificados serão autuados, recebendo a aplicação da legislação vigente. Em qualquer ocorrência, a orientação é acionar os militares, por meio do 193.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: