Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Jovem baleado na zona rural de Araguari morre no Hospital de Clínicas da UFU

sex, 1 de março de 2019 05:27

Da Redação

Michael Douglas Oliveira de Souza, 23 anos, faleceu nessa quarta-feira, 27, no Hospital de Clínicas da UFU. Ele havia sido baleado na cabeça, sexta-feira da semana passada, numa propriedade rural do município de Araguari.

Após receber os primeiros socorros na Unidade de Pronto-Atendimento 24 Horas, o rapaz foi transferido para Uberlândia, em estado grave, inconsciente e com perda de massa encefálica. Permaneceu por cinco dias em tratamento intensivo sob escolta policial, mas não resistiu aos ferimentos. Ele residia no bairro Novo Horizonte e foi sepultado ontem, no cemitério Park.

Michael Douglas tinha 23 anos ** Divulgação

Michael Douglas tinha 23 anos
** Divulgação

Segundo versão apresentada pela Polícia Militar, Michael Douglas e um primo, 25 anos, tentaram assaltar uma fazenda às margens da LMG-748, rodovia de acesso a Indianópolis.

Conforme relatado no boletim de ocorrência, os autores chegaram na propriedade rural por volta de 20h, num local de difícil acesso e estavam num Ford/Ka, cor prata. Portando um revólver e um facão, renderam um senhor de 78 anos. Porém, o sobrinho dele, 61 anos, reagiu e disparou contra um dos envolvidos, o qual se feriu e caiu ao solo, enquanto seu comparsa evadiu no carro, tomando rumo ignorado.

A PM foi acionada pela esposa de uma das vítimas. Ela se dirigiu à sede do Batalhão, no bairro Aeroporto, informando que havia recebido uma ligação do marido, o qual narrou o ocorrido e pediu que buscasse ajuda policial.

As guarnições se deslocaram para a referida fazenda, encontrando o suspeito com ferimentos na cabeça, mas apresentando os sinais vitais. Ele foi conduzido até as proximidades da rodovia pelos militares, sendo repassado ao Corpo de Bombeiros.

Ainda de acordo com o BO, na fazenda se encontrava apenas uma das vítimas. O responsável pelo disparo que atingiu o suspeito não aguardou a chegada dos policiais. A arma de fogo utilizada também não foi localizada. Foram apreendidos na ocasião um revólver Rossi, calibre 22, um facão de aproximadamente 50 cm, uma espingarda de pressão, quatro munições intactas, calibre 22 e três cartuchos deflagrados, do mesmo calibre.

As viaturas seguiram em diligência ao longo da noite, encontrando o Ford/Ka na rua Saturno, bairro Novo Horizonte, com uma bateria no banco traseiro. Após consulta ao sistema integrado das polícias, foi apurado que o veículo pertence ao suspeito baleado durante o crime.

Enquanto os militares aguardavam a chegada do guincho para a remoção do automóvel, a mulher de Michael Douglas teria confirmado que o Ford/Ka era do seu marido, o qual havia saído de casa naquela noite em companhia de um primo, no entanto, como ficou muito tarde, ela decidiu procurá-lo para saber o que ocorria, não sendo informada sobre os fatos.

Assim, as guarnições foram até a residência do mesmo, na rua Carla Martins dos Santos e efetuaram a sua prisão. O jovem de 25 anos disse que a espingarda apreendida é de sua propriedade e a bateria pertence ao seu veículo, que estava na garagem de sua casa.

A PM colocou no boletim de ocorrência que o suspeito foi reconhecido através de fotografia, tendo prestado serviços naquela propriedade rural, conhecendo muito bem a região. O pai dele também trabalha nas proximidades.

O delegado de plantão, Gilmar Pereira de Souza ratificou a sua prisão, sendo encaminhado ao presídio local. Segundo levantado pela reportagem, o homem de 63 anos se apresentou espontaneamente à Polícia Civil e apresentou sua versão sobre o ocorrido, se colocando à disposição da investigação.

HOMICÍDIO OU LEGÍTIMA DEFESA

O delegado Felipe Oliveira Monteiro esclareceu que as investigações irão apontar se houve um crime de homicídio, que seria o sétimo do ano em Araguari. No entanto, se confirmada a legítima defesa, o assassinato é descartado. O inquérito será concluído nos próximos dias.

De qualquer forma, independente do que apontar a Polícia Civil, o caso irá para o Ministério Público, o qual irá decidir se denuncia ou não o autor do disparo de arma de fogo que vitimou Michael Douglas.

3 Comentários

  1. Carlos disse:

    Que notícias assim vire rotina para que essa cambada de vagabundos que acham que dinheiro vem fácil seja exterminados da terra mais cedo

  2. Anônimo disse:

    Agora mesmo eu estava vendo o MG.Um meliante tentou assaltar o delegado ou assaltou, tinha 20 anos, acabou ferido e morreu no hospital. Esse não assalta mais ninguém. Quem entra cedo para a criminalidade é muito difícil consertar, principalmente quando a pessoa não quer. Quem sabe da próxima vem melhor.

  3. Miguel A. Pinheiro disse:

    E um a menos para parar de pertubar o povo

Deixe seu comentário: