Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Festa em louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito é realizada em Araguari

ter, 22 de outubro de 2019 05:11

Com Assessoria 

Desde o início do mês de outubro foi realizada, na igreja do Rosário em Araguari, a Grandiosa Festa em louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, com missas, novena, barracas, leilões e apresentações culturais. O evento terminou no último domingo, 20.

Festa em louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito é realizada em Araguari

Festa em louvor a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito é realizada em Araguari

 

Neste final de semana, quem compareceu ao local pode conferir de perto a riqueza dos Ternos de Congados, Moçambiques e Catupés de nossa cidade. O evento realizado com o apoio da Fundação Araguarina de Educação e Cultura (Faec) reuniu “cantadores, dançadores e tocadores”, numa mistura de crenças, cores e ritmos.

“A Festa do Congado, Moçambiques e Catupés, considerada patrimônio de Araguari, representa uma das mais expressivas manifestações culturais do município. Esse fenômeno, conhecido como sincretismo religioso, mescla cultos católicos aos africanos. Durante as apresentações, os Ternos de Congado, Moçambiques e Catupés cantam e dançam acompanhados por instrumentos musicais, como o reco-reco, o pandeiro, a caixa e a cuíca, numa singela forma de homenagear os santos e valorizar a cultura negra”, explicou Consuelo Montes, historiadora da Divisão do Patrimônio Histórico da Faec.

Em Araguari, a tradicional Festa conta com a participação de 14 Ternos distintos, subdivididos em Congos, Moçambiques e Catupé. São eles: Congo “Verde”; “De Ouro”; “Santa Isabel”; “13 de Maio”; “Azul”; “Branco”; “Nossa Senhora da Guia”; “Marinheiro de São Benedito”; “Princesa Isabel”, além dos Moçambiques “Branco”; “Sainha Azul”; “Dourado” e “Moçambique de Angola e “Catupé Cacunda”.

“A Festa do Congado, Moçambiques e Catupés é, portanto, uma das mais expressivas formas de manifestação cultural de nossa cidade, onde elementos católicos se fundem aos africanos, como forma de valorizar a fé, a religiosidade e a cultura negra”, destacou Rafael Guedes, presidente da Faec.

“A devoção a Nossa Senhora do Rosário e São Benedito em nossa cidade atualmente é a maior de todos os tempos, tanto no número de ternos quanto em relação ao número de foliões. Os preparativos acontecem alguns meses antes, quando os integrantes se reúnem, ensaiam e se preparam para o momento da festa que aconteceu no último domingo, 20, e a prefeitura por meio da Faec busca anualmente reconhecer e propagar a Festa; são bens inventariados, assim como os grupos de Congados, Moçambiques e Catupés que a celebram, resgatando memórias dos primórdios das comemorações, evidenciando o processo de formação e movimentação dessa manifestação religiosa/cultural tão proeminente em nosso município”, explicou o prefeito Marcos Coelho.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: