Domingo, 18 de Agosto de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Falta de estrutura em pontos de espera do transporte coletivo é motivo de reclamação de usuários

sáb, 22 de dezembro de 2018 05:20

Da Redação

Mercado Municipal poderá deixar de ser o ponto final de linhas a partir do próximo ano

Os usuários do transporte coletivo têm reclamado da falta de estrutura em pontos de espera. Em alguns espaços no Mercado Municipal, os usuários solicitam a instalação de bancos e aparatos de proteção contra o Sol. Segundo informações da secretaria de Trânsito, a expectativa é de que o ponto final das linhas do Mercado Municipal seja transferido para outro local a partir de 2019.

Usuários solicitam a instalação de bancos e proteção contra o Sol

Usuários solicitam a instalação de bancos e proteção contra o Sol

 

De acordo com a usuária do transporte coletivo, Maria Abadia Silva, de 65 anos, o tempo de espera pelo ônibus é de aproximadamente uma hora. “Tem dias que espero vinte minutos, mas na maioria das vezes, fico mais de uma hora em pé e não tem lugar para sentar. Quando não faz calor, está chovendo e não podemos esperar dentro das lojas. É uma situação muito ruim”.

Outra usuária do transporte coletivo, que preferiu não se identificar, comenta que a situação é pior para os idosos. “Todos os dias chego aqui e vejo pessoas idosas esperando o ônibus no Sol. Elas têm dificuldades para descer as escadas e esperar na sombra, mas de todo jeito, tem que esperar em pé. Acho que é um grande descaso da prefeitura, porque há muito tempo esses pontos passaram para esse lado”.

Conforme o secretário de Trânsito, Luiz Antônio Lopes, os pontos laterais foram instalados para desafogar a demanda. “Nós colocamos esses pontos na lateral do Mercado Municipal para que os motoristas tenham condições de estacionar os ônibus, pois havia uma situação de confronto entre a empresa e os proprietários do posto de combustíveis. Como não havia local para estacionar todos os veículos, estava atrapalhando a saída do estabelecimento”.

O secretário afirma que a expectativa para o próximo ano é de que o Mercado Municipal seja apenas um ponto de parada. “Estamos trabalhando a possibilidade de que os pontos finais dos ônibus do transporte coletivo sejam transferidos para a praça Getúlio Vargas e para que o Mercado Municipal seja apenas um ponto de parada”.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: