Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Exército fiscaliza empresas que manuseiam explosivos

qua, 6 de novembro de 2019 05:29

Com Assessoria

Operação é realizada no Distrito Federal, Goiás, Tocantins e Triângulo Mineiro

O Exército Brasileiro está desencadeando a Operação Rastilho em todo o território nacional para a fiscalização de explosivos e produtos correlatos. Na área de responsabilidade do Comando Militar do Planalto (CMP), a 11ª Região Militar (11ª RM) concentra suas ações nos Estados de Goiás, Tocantins e no Distrito Federal, além do Triângulo Mineiro.

A Operação Rastilho caracteriza-se pela intensificação na fiscalização de explosivos nas fases de fabricação, importação, exportação, comercialização, armazenagem e transporte. A operação conta com a participação de 300 Organizações Militares em todo o território nacional, sendo considerada a maior operação centralizada de fiscalização de explosivos realizada no país.

A Operação visa evitar que explosivos utilizados por empresas registradas ou de explosivos de origem ilícita, sejam desviados e utilizados contra pessoas e estruturas físicas. A atuação do Exército se baseia na Lei e no Estatuto do Desarmamento e a Operação é desencadeada em coordenação com os Órgãos de Segurança Pública e Agências Governamentais.

Ao longo dos anos, o Exército vem incrementando a fiscalização de produtos controlados seja com a publicação de regras mais rigorosas para o emprego de explosivos e pela proposta de alteração da lei de multas, seja com a realização de Operações como a Rastilho. Essas medidas colaboram para limitar a utilização de produtos controlados pelo Exército por pessoas não habilitadas, nacionais e/ou estrangeiros, com intenção de causar danos à ordem pública e dessa forma garantem a integridade da população e a preservação da vida.

O efetivo utilizado pelo Exército Brasileiro na área da 11ª Região Militar é de aproximadamente 100 militares, com o objetivo de realizar a fiscalização de mais de 80 empresas.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: