Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Escolas da zona rural e CEM Mário da Silva Pereira cumprirão 200 dias letivos, afirma secretário

qua, 13 de março de 2019 05:36

Da Redação

O início do ano letivo foi bastante conturbado devido ao adiamento das aulas da rede municipal na região.  Em Araguari, as condições das escolas e unidades de ensino infantil, além da merenda e o corpo de professores, foram preparadas para receber os alunos na última segunda-feira, 11.

De acordo com o secretário de Educação, Werley Macedo a equipe pedagógica vem trabalhado para evitar prejuízos aos estudantes. Na sexta-feira, 8, por exemplo, a pasta divulgou por meio do Correio Oficial do Município, o calendário das escolas rurais – CEM José Inácio (Contenda), Justino Rodrigues da Cunha (Água Clara), Rosa Mameri Radi (Alto São João) e Ozório Vieira (Barracão) e do Centro Educacional Municipal Mário da Silva Pereira, que passou por obras de reestruturação e foi inaugurado recentemente.

Nas demais escolas da rede municipal de ensino, as aulas tiveram início no dia 18 de fevereiro. “Serão cumpridos os 200 dias letivos, previstos em Lei, tendo em vista que o calendário foi adaptado. Desta forma, organizamos o calendário com várias atividades ao longo do ano, no intuito de evitar que os estudantes sejam prejudicados pelo adiamento das aulas.”

Segundo o calendário, a previsão é de que este ano as aulas terminem no dia 19 de dezembro. Serão realizadas atividades pedagógicas em sábados letivos, além de projetos municipais, a fim de repor as aulas adiadas. Outros eventos também serão promovidos, como a Semana da Educação Infantil que acontece em agosto e a Semana de Educação Para a Vida, que será realizada no mês de novembro.

Além disso, haverá ainda uma semana destinada para a Família na Escola. O objetivo, conforme o secretário, é ter a presença dos pais nas unidades escolares para ajustar o projeto pedagógico e promover integração entre a comunidade escolar.

A secretaria de Educação também informou que as empresas vencedoras da licitação – TransDutra Transportes & Turismo Ltda. e Limiar Transportes Ltda., estão trabalhando no transporte dos alunos e professores na zona rural do município. Após o processo licitatório a frota de veículos foi apresentada, passando por vistorias.

Conforme Werley Macedo, algumas adequações foram feitas para atender os alunos.  “Realizamos todo o processo com o que é determinado em lei. Enfrentamos problemas no ano passado e precisamos definir uma situação para não prejudicar o transporte escolar como ocorreu anteriormente. Esperamos atender aos anseios dos moradores da zona rural e otimizar a ida de seus filhos, bem como dos professores para as escolas”, finalizou o secretário.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: