Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Educação ambiental é praticada por meio do plantio de árvores

qui, 7 de dezembro de 2017 05:19

Da Redação

Crianças são incentivadas a cuidarem do meio ambiente

Nessa quarta-feira, estudantes do colégio Nacional tiveram aulas práticas de preservação ambiental. O cronograma composto por passeio na natureza e plantio de árvores foi realizado na fazenda Campo Alegre na região do Piçarrão.

As atividades foram promovidas pela prefeitura por meio da secretaria de Educação com o Programa Gira Sol, juntamente com a secretaria de Agricultura, Ministério Público, 4° Pelotão de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário, 3ª Companhia do Corpo de Bombeiros e IEF (Instituto Estadual de Floresta).

Aula prática foi promovida na fazenda Campo Alegre

Aula prática foi promovida na fazenda Campo Alegre

 

Mais de trinta mudas de árvores foram plantadas pelas crianças do ensino fundamental com o apoio de representantes de cada órgão incluindo a promotora Lilian Tobias, responsável pela área de defesa do Meio Ambiente e o secretário de Educação, Werley Macedo.

Para o comandante do Pelotão, Tenente Ivanir Clementino de Brito, o sentimento dos militares é de gratidão ao participar de atividades voltadas a conscientização ambiental. “Hoje temos uma vida completamente urbana e trazer as crianças para o campo é uma forma de elas presenciarem a beleza e perceberem o quanto suas atitudes podem fazer a diferença. O homem está degradando a natureza e as respostas são as enchentes, terremotos, aquecimento global, falta de água, queimadas, enfim, ações provocadas pelo ser humano”, argumentou.

Na fazenda, os alunos também conheceram o projeto ambiental ASAS (Área de Soltura de Animais Silvestres) que promove cuidados necessários para que animais silvestres retornem ao seu habitat natural há dois anos coordenado pelo empresário Bruno Brandão Neto. O espaço é credenciado junto ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e ao IEF e recebe apoio da 7ª Promotoria que tem como uma das atribuições a defesa do Meio Ambiente.

São encaminhados a fazenda animais em situação de risco que passaram por situações em que precisaram do resgate após serem vítimas de contrabandos e queimadas florestais.

Antes de serem entregues ao viveiro, eles vão para um centro de triagem onde são examinados. Ao detectar que estão prontos para retornarem ao habitat natural os animais são transferidos aos cuidados de Bruno Brandão Neto, com supervisão de órgãos ambientais para que consigam, em poucos meses, ganhar novamente a liberdade.

Durante as visitas, o empresário ressaltou que os papagaios apenas permanecem sob seus cuidados devido a algum impedimento físico ou simplesmente pela vontade.

Atualmente, algumas araras estão abrigadas no viveiro sendo monitoradas periodicamente por meio de microchips; são espécies que foram apreendidas em outras partes do estado de Minas Gerais e para não correr o risco de haver rastreamento por parte de traficantes elas foram transferidas para Araguari.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: