Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Dnit retira radares das rodovias BR-365 e BR-050 em trechos da zona urbana de Uberlândia após término do contrato do governo federal

sex, 6 de setembro de 2019 05:31

Com Assessoria

Dados locais não foram divulgados, mas Dnit enviou nota sobre o assunto em âmbito nacional

Em torno de 20 radares fixos na BR-365 nos trechos dentro da zona urbana de Uberlândia foram retirados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit). Além disso, equipamentos também estão sendo desinstalados na BR-050 na área urbana uberlandense. A retirada dos aparelhos começou a ser realizada no fim do mês de agosto.

Dnit retira radares das rodovias BR-365 e BR-050 em trechos da zona urbana de Uberlândia após término do contrato do governo federal

Dnit retira radares das rodovias BR-365 e BR-050 em trechos da zona urbana de Uberlândia após término do contrato do governo federal

 

A determinação é do governo federal após o fim do contrato nacional com a empresa responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos nas rodovias. De acordo com o Dnit, informações específicas por cidade ou região não serão disponibilizadas por enquanto. Por isso, não é possível precisar a quantidade de aparelhos que foram desativados em Uberlândia.

No entanto, o órgão enviou a lista de novos radares que serão instalados, onde constam 15 novos pontos na BR-365, sendo 11 em Uberlândia, que ficam próximos aos bairros: Brasil, Presidente Roosevelt, Taiamã e Morada do Sol.

Conforme o comunicado, um acordo judicial firmado em julho deste ano entre o Ministério da Infraestrutura, o Dnit e Ministério Público Federal “permitiu uma redução do quantitativo de radares, contemplando a instalação de equipamentos nos pontos mais sensíveis, prioritariamente em áreas urbanas”.

Na BR-365, o radar que havia no bairro Dona Zulmira, por exemplo, foi retirado, segundo moradores informaram à reportagem. Além disso, pedestres e condutores também afirmaram que viram equipes retirando os equipamentos em alguns dos locais nos últimos dias.

Nota do Dnit na íntegra

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT esclarece que, decorrente do acordo judicial homologado no dia 29 de julho pela Justiça Federal, será priorizada a instalação de aproximadamente 1.140 radares eletrônicos, visando o controle de velocidade em faixas de tráfego com criticidade ‘média’, ‘alta’ e ‘muito alta’, os quais foram identificados em estudos realizados ainda em 2016. O acordo judicial é fruto de extensa negociação e foi construído consensualmente pelo Ministério da Infraestrutura, DNIT e Ministério Público Federal, o que permitiu uma redução do quantitativo de radares, contemplando a instalação de equipamentos nos pontos mais sensíveis, prioritariamente em áreas urbanas. A implantação das faixas estabelecida no acordo busca, também, coerência com a disponibilidade orçamentária do DNIT para tal finalidade. Em função do acordo, a partir de diretrizes atualizadas a serem estabelecidas pelos técnicos do Ministério da Infraestrutura, será realizado novo estudo para redimensionar a quantidade de radares, priorizando os trechos efetivamente necessários e considerando o caráter educativo dos equipamentos.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: