Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Diretores do sistema prisional se reúnem com secretário para alinhamento da nova gestão

sáb, 6 de abril de 2019 05:17

Da Redação

Diretores regionais do sistema prisional mineiro se encontraram com o secretário de Segurança Pública e de Administração Prisional, General Mario Araújo, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, com o propósito de esclarecer as novas diretrizes de trabalho e propor alinhamento institucional para a cúpula de gestores das 197 unidades em Minas.

Reuniões devem ocorrer a cada dois meses com o secretário de Segurança Pública e de Administração Prisional ** Divulgação

Reuniões devem ocorrer a cada dois meses com o secretário de Segurança Pública e de Administração Prisional
** Divulgação

 

Ao longo do dia foram abordadas questões sobre a humanização do atendimento e segurança, além de temas importantes para a categoria, como lei orgânica, capacitação para todos os servidores, incluindo treinamentos e cursos para diretores de unidades prisionais, carga horária de trabalho; gestão de vagas; gestão de estoque dos almoxarifados e métrica de equalização.

O secretário de Segurança Pública e de Administração Prisional, que em três meses de gestão esteve em 11 presídios e penitenciárias, assegurou que pretende visitar unidades de todas as Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) e conta com o apoio dos diretores referência.

“Nestas primeiras visitas, consegui ter um bom panorama do sistema prisional. Fiquei surpreso com a qualidade dos trabalhos desenvolvidos e a capacidade das esquipes. Mas podemos fazer mais. Vamos focar em legislação, capacitação e humanização”, afirmou o chefe da pasta.

Ele acrescentou que “é preciso trabalhar com sete fatores importantes: doutrina, organização, adestramento, material, educação, pessoal e infraestrutura. Nenhum ser humano pode exercer um cargo sem ter capacidade para tal. Vamos focar em cursos para diretores-gerais e temos cronograma para iniciar os treinamentos”.

Sobre a Humanização do Atendimento, o General Mário Araújo foi enfático: “sem humanização nós não vamos melhorar a sociedade. O indivíduo encarcerado um dia vai voltar para o convívio social e ele precisa retornar melhor do que entrou. Temos que dar chance às pessoas de conhecerem caminhos diferentes, com trabalho, educação e capacitação.”

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: