Segunda-feira, 01 de Junho de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Decreto municipal precisa ser cumprido até segunda ordem, afirma secretário de Saúde

sex, 27 de março de 2020 05:09

por Samara Arruda

Mesmo ainda não havendo casos confirmados de COVID-19 em Araguari, a orientação é de que a população continue cumprindo as recomendações do Comitê

O novo boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) nesta quinta-feira, 26, aponta para 89 suspeitas de COVID-19 e 92 notificações em Araguari. Apesar disso, a prefeitura informou que as notificações já ultrapassam 164 casos investigados. O considerável aumento está relacionado ao registro de todos os pacientes que apresentarem sintomas de alerta, como febre ou dispneia – dificuldade de respirar.

A Secretaria de Saúde orienta a população a adotar as medidas de precaução, principalmente para aquelas pessoas que estão com sinais de doenças respiratórias.

A Secretaria de Saúde orienta a população a adotar as medidas de precaução, principalmente para aquelas pessoas que estão com sinais de doenças respiratórias

 

Embora existam pessoas internadas em Araguari, não há casos que apresentaram sintomas graves, afirma o secretário de Saúde, Guilherme Afonso. Também não foi confirmada nenhuma das suspeitas até o fechamento desta edição. Quanto à internação de um paciente araguarino no Hospital de Clínicas da UFU, o secretário afirmou que aguarda o resultado do exame, mas que o caso está “praticamente descartado. O paciente fez o exame e está sendo monitorado, mas evoluiu muito bem sem suporte ventilatório e está melhorando,” contou.

Além disso, outros pacientes aguardam o resultado de seus exames em isolamento domiciliar. Seguindo o protocolo de atendimento recomendado pelo Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde está submetendo ao exame para verificar a relação com o COVID-19, apenas internados, profissionais de saúde ou pessoas que vierem a óbito por qualquer tipo de dengue. “Não estamos colhendo amostras de pessoas que apresentam sintomas leves. Neste caso, o médico irá examinar o paciente e passará orientações de cuidados, além de ser solicitado que o mesmo permaneça em casa e não tenha contato com outras pessoas,” afirmou o secretário.

O distanciamento social previsto por decreto municipal continua em Araguari. O assunto tem sido amplamente discutido e gerado dúvidas entre os araguarinos, principalmente após o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro que foi transmitido por rádios e TVs do país na última terça-feira, 24. Bolsonaro também editou um decreto e inclui as atividades religiosas em lista de serviços essenciais. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 26, e tem validade imediata, ou seja, sem a necessidade de aprovação do Congresso.

O funcionamento de atividades religiosas vinha sendo limitado como forma de evitar aglomerações. Sobre isso, Guilherme Afonso orientou que todas as determinações da administração estão valendo e precisam ser cumpridas. “Temos gestão plena no munícipio, ou seja, esse termo nos torna totalmente responsável enquanto autoridade sanitária no território do município, assim, tudo se dá através da normativa da própria secretaria de Saúde. Vamos deliberar sobre o decreto do presidente e depois informar a população, mas até então, respeita-se o decreto municipal,” ponderou.

Em caso de descumprimento, a população também pode denunciar. Para isso, o Comitê de Enfrentamento e Gestão de Crise – COVID-19 disponibilizou o telefone (34) 9.9158-3100, para ligação direta e via WhatsApp. O número de casos relacionados à doença também continua aumentando em todo o Estado. Minas Gerais já registra 17.409 suspeitos para COVID-19 e o boletim epidemiológico mostra que são 153 casos confirmados. A faixa etária que tem mais casos de coronavírus confirmados é de 20 a 59 anos, correspondendo a 128 casos e 83,7%.

Além disso, 21 cidades mineiras registraram confirmações do COVID-19, sendo Belo Horizonte a primeira da lista com 8.027 notificações, totalizando 96 confirmações da doença. Em Nova Lima há 11 pacientes infectados e oito em Juiz de Fora. Uberaba e Betim informaram que possuem três registros confirmados de COVID-19. Em Uberlândia subiu para quatro, o número de óbitos suspeitos conforme o levantamento da Secretaria Municipal de Saúde. Os casos confirmados de contaminação pelo vírus seguem em oito e a quantidade de casos suspeitos da Covid-19 aumentou para 398 notificações e 377 suspeitos. Devido a este cenário, o recesso escolar de julho foi antecipado em Minas Gerais. A Secretaria de Estado de Educação (SEE) informou que as férias começaram na última segunda-feira, 23, e se estende até o dia 13 de abril.

 

2 Comentários

  1. Cezar disse:

    O interessante é que recebi o carnê do IPTU esta semana. O pessoal que entrega carnês são imunes a doença? A PMA decreta pra não trabalhar, comercio fechado. Então como pagar o IPTU? é no minimo incoerente. Sem trabalho, sem dinheiro, sem IPTU.

  2. Anônimo disse:

    A CEMIG e a SAE já avisaram que vão estender o prazo e provavelmente o IPTU também será estendido. A Itália demorou a entrar na quarenta e vejam o que aconteceu e está acontecendo lá, na Espanha e as recomendações para isolamento vem do Ministério da saúde e aí depende da cidade querer ou não acatar e é no país inteiro, não é só em Araguari.

Deixe seu comentário: