Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Decoralismo: a brincadeira das cores

sáb, 11 de abril de 2015 06:09

Abertura-decoralismo

Olá queridos! Hoje venho trazer cor para o dia de vocês. Trabalhar com as cores é algo que me encanta. Saber harmonizar, seguindo as regras básicas do disco de cores, utilizando a simetria adequada na composição, pode ser algo muito divertido e prazeroso, mas, saber quando quebrar tais regras para tornar o ambiente trabalhado mais autêntico e personalizado, pode ser algo realmente extraordinário.

disco-cores

Decoralismo: a brincadeira das cores

Um dos primeiros passos para um bom projeto de interior é chegar a uma paleta cromática que melhor define o perfil do cliente. Por isso, o profissional faz diferentes estudos para conseguir a opção certa e espalhar as tonalidades até nos pequenos detalhes, preocupando com o equilíbrio e a simetria do ambiente.

Mas nada que nos impeça – a nós, que gostamos de decoração – de brincar com as cores da casa. Por isso, tenho dicas importantes para oferecer, uma espécie de conselho de amiga.

Utilizar o disco de cores é muito fácil (ver imagem abaixo). Existem, pelo menos, três harmonizações básicas de cores. A primeira harmonização se dá com as cores Complementares, que são cores contrárias (ou opostas) no disco das cores; elas estabelecem um maior contraste, no qual uma cor supervaloriza a outra. Porém é preciso ter cuidado para não exagerar, pois pode este tipo de harmonização pode causar algum desconforto visual. A segunda harmonização traz as cores Análogas, aquelas que estão lado a lado no disco de cores, o famoso ”tom-sobre-tom”. Este também requer algum cuidado, pois o excesso monocromático pode trazer uma monotonia desconfortável. A terceira harmonização é a Tríade: três cores formando um triângulo no disco de cores. Esta é um pouco mais difícil de harmonizar, pois requer mais ousadia para combinar as cores e, então, mantê-las equilibradas.

A composição do ambiente é algo importante. Não basta jogar as cores aleatoriamente…é preciso saber onde colocá-las. Então essa é mais uma dica: quanto mais simétrico o ambiente, mais fácil de harmonizar. Imagine que um lado do ambiente deve conter as mesmas formas e cores que o outro lado, como um espelho… fácil, não? Energize o local decorado com cores quentes e vibrantes, como o vermelho e o laranja, ou utilize cores frias para acalmar e tranquilizar, como o azul e o lilás.

Apesar de todas as dicas e regrinhas básicas de decoração – que vão facilitar na hora de colocar a mão na massa, ou na tinta – vale colocar um pouco de identidade na sua decoração, quebrando algumas regras e brincando da forma como achar melhor. Agora é com vocês, divirtam-se!

1 Comentário

  1. Eduardo Barbosa de Sousa disse:

    Parabéns Barbara, sempre de bem com a vida “colorida”. Também partilho de seu gosto por cores e tons.

Deixe seu comentário: