Terça-feira, 07 de Abril de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Cresce o número de casos suspeitos de coronavírus em Araguari

qui, 26 de março de 2020 05:28

Da Redação

O número de casos suspeitos de estarem relacionados ao COVID-19 em Araguari tem chamado a atenção da população. As suspeitas em investigação ultrapassam 125 notificações no município. De acordo com a secretaria de Saúde, as quatro primeiras foram descartadas após a realização de exames e os demais pacientes continuam em isolamento. Enquanto isso, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) divulgou o boletim epidemiológico na manhã desta quarta-feira, 25, em que o município aparece com 53 suspeitas da doença.

O número de registros alusivos ao coronavírus cresce em todo o estado

O número de registros alusivos ao coronavírus cresce em todo o estado

 

Diante das informações, grande número de pessoas tem demonstrado sua preocupação, principalmente, através das redes sociais. Eles questionam a quantidade de registros levando em consideração que até a última segunda-feira, 23, apenas 20 casos suspeitos haviam sido divulgados. Em entrevista, o Secretario de Saúde Guilherme Afonso, explicou novamente que, de fato, houve um aumento dos registros, pois, todos os casos relacionados às síndromes gripais estão sendo notificados pela Secretaria de Saúde. A medida segue o novo protocolo de atendimento para a infecção humana causada pelo COVID-19, segundo recomendação do Ministério da Saúde.

“Todas as notificações estão sendo verificadas pela Secretaria e as pessoas que apresentarem sintomas de alerta como febre e dificuldade para respirar, devem procurar as unidades de saúde do município para serem atendidas, e o médico responsável fará os devidos encaminhamentos. Os pacientes assinam um termo de isolamento e precisam se manter assim, por pelo menos 14 dias, que é o período de encubação do vírus. Estamos em contato com todos os pacientes que estão sendo constantemente monitorados,” afirmou.

Segundo ele, embora existam pacientes internados com suspeitas, não há casos que apresentem sintomas graves em Araguari. Também não foi confirmada nenhuma das suspeitas até o fechamento desta edição. Sobre a realização de exames, Guilherme Afonso ressaltou que 16 pacientes foram submetidos aos testes antes da referida portaria e aguardam resultados. “A nova orientação é de que apenas pacientes internados, profissionais de saúde ou aquelas pessoas que vierem a óbito por qualquer tipo de dengue, sejam submetidos ao exame para verificar a relação com o COVID-19. Não estamos colhendo amostras para pacientes que apresentam sintomas leves. Neste caso, serão orientados pelo médico durante o atendimento a permanecerem isolados,” ponderou.

Mesmo diante das ações de prevenção, o isolamento social continuará na cidade. O assunto tem sido amplamente discutido, principalmente, após o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro que foi transmitido por rádios e TVs do país na última terça-feira, 24. “Estamos tomando todas as medidas necessárias para organizar nossa cidade e preparar a estrutura da rede hospitalar, incluindo a construção de leitos, disponibilização de médicos e demais ações de enfrentamento que os araguarinos têm acompanhado. Sabemos que as pessoas precisam voltar à sua rotina e ao trabalho, mas também precisamos garantir a segurança da população. Através desta mobilização, esperamos obter resultados positivos e posteriormente, as pessoas serão liberadas para voltar às suas atividades, mantendo o grupo de risco em isolamento para minimizar os impactos da doença,” explicou.

O número de registros alusivos ao coronavírus cresce em todo o estado. Conforme o boletim da SES-MG, já são 14.227 casos suspeitos para COVID-19 em Minas Gerais, sendo que 61,7% dos pacientes são homens e 38,3% são mulheres. Também há 133 casos confirmados e ainda não foram contabilizados os óbitos em decorrência do vírus. Belo Horizonte é a cidade mineira com maior número de notificações, totalizando 7.039 registros e 90 confirmações de pacientes infectados. Juiz de Fora continua em segundo na lista, com oito pacientes confirmados.

Uberlândia também confirmou o oitavo caso de coronavírus no município, contudo, os dados ainda não constam nas divulgações oficiais do Estado e do Ministério da Saúde. São pelo menos 299 suspeitas e 320 notificações na referida cidade. As duas mortes  sob suspeita da Covid-19 em Uberlândia ainda seguem em investigação. Uberaba, por sua vez, tem três confirmações da doença. Em todo o país, são 2.281 casos confirmados e 47 mortos. O Rio de Janeiro registra seis mortos e 40 em São Paulo.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: