Domingo, 22 de Julho de 2018
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Corte Superior de Justiça mantém preso suspeito de sequestro e cárcere privado

sáb, 16 de dezembro de 2017 05:34

Da Redação

Preso desde o último dia 25 de agosto, sob a acusação de violência doméstica, sequestro e cárcere privado, em Indianópolis, um homem de 31 anos vai permanecer recluso até a realização de seu julgamento, de acordo com decisão apresentada nessa semana pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Após não conseguir êxito em Belo Horizonte, a defesa impetrou recurso ordinário em habeas corpus com pedido liminar para a revogação da prisão preventiva ou substituição por outras medidas cautelares. Porém, na Capital Federal, também teve o pedido negado.

O ministro Sebastião Reis Júnior colocou que as circunstâncias do suposto delito indicam a periculosidade do acusado, justificando a manutenção da prisão preventiva, a qual tinha sido decretada pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca.

“Há, assim, motivos que ensejam a manutenção da custódia imposta, ao menos por ora, haja vista a necessidade de se resguardar a ordem pública, não havendo que se falar, ainda, em fixação de outras medidas cautelares”, argumentou o ministro do STJ.

Ainda conforme observado pela Corte, consta que o investigado, em tese, teria agredido a vítima, além de mantê-la em cárcere privado. A operação policial foi motivada pelo recebimento de informação, bem como vídeo, foto e conversas por telefone, de que a vítima estaria sendo mantida em cárcere e agredida.

Ao averiguarem a informação, policiais militares encontraram a vítima no local afirmado, com as mesmas vestes, todavia não sendo possível seu depoimento quando da lavratura do Auto de Prisão em Flagrante Delito, vez que foi encaminhada ao hospital, apresentando sintomas de trauma na cabeça e perda de consciência.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: