Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Corpo de Bombeiros localiza corpo de vítima de afogamento na represa do rio Araguari

ter, 28 de maio de 2019 05:48

Da Redação

O município contabiliza mais uma vítima de afogamento, desta vez, na represa do rio Araguari. A ocorrência foi registrada na manhã de domingo, 26, nas proximidades do km 24 da MG-223, sentido a Caldas Novas. Chegando ao local, a guarnição do Corpo de Bombeiros recebeu informações de que o homem, de 45 anos, teria ido tomar banho e se afogou, entretanto, nenhuma testemunha presenciou o ocorrido.

Afogamento foi registrado no km 24 da MG-223, a dois quilômetros do posto de combustíveis do Barracão

Afogamento foi registrado no km 24 da MG-223, a dois quilômetros do posto de combustíveis do Barracão

 

Diante disso, a equipe composta por cinco militares fez buscas através de técnica de mergulho livre. Somente após cerca de duas horas, o corpo foi encontrado. A vítima estava a cinco metros de distância da margem e numa profundidade de três metros. A perícia da Polícia Civil também compareceu ao local e após os trabalhos de praxe, o corpo foi encaminhado ao Posto Médico Legal (PML) de Araguari.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima foi identificada como Edson Moura Carrijo, nascido em 21 de dezembro de 1973, era natural de Araguari. Diante do afogamento deste domingo, os militares fazem um alerta: nas proximidades do rio Araguari o número de mortes por afogamento é grande. A orientação aos banhistas é de que tomem as devidas providências de segurança antes de entrarem nas águas, principalmente com o uso do colete salva-vidas.

Durante os primeiros meses deste ano, foram registrados outros casos desta natureza em Araguari. Em janeiro, por exemplo, uma guarnição foi acionada para atender vítima de princípio de afogamento na represa das Araras. Ao chegarem ao local, avistaram a vítima de 37 anos deitada no chão, às margens da represa, recebendo massagens cardíacas de uma das testemunhas. No mês de fevereiro, outra vítima não teve tanta sorte. Victor Gustavo Assoni, 24 anos, morreu após se afogar no rio Araguari, altura do km 55.

Segundo o Corpo de Bombeiros, em todo o Estado foram 512 acionamentos no primeiro semestre de 2018 contra 404 ocorrências atendidas no mesmo período em 2017. Em Araguari, foram três afogamentos no ano passado e a mesma quantidade em 2016. Os militares informaram ainda que a maioria das vítimas de afogamento no Estado é do sexo masculino.

Os dados da entidade comprovam que em grande parte, os casos são frutos de descuido e que poderiam ser evitados com algumas medidas preventivas simples. E a informação nestas situações, é sempre uma grande aliada na conscientização da população.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: