Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Corpo de Bombeiros acolhe pedido de vereador e esclarece dúvidas sobre atendimento em Araguari

qua, 19 de fevereiro de 2014 00:01
O comandante do Segundo Comando Operacional de Bombeiros em Uberlândia, coronel Felipe Aidar, atendeu prontamente ao pedido e esteve ontem no  Plenário da Câmara. Foto: Gazeta do Triângulo

O comandante do Segundo Comando Operacional de Bombeiros em Uberlândia, coronel Felipe Aidar, atendeu prontamente ao pedido e esteve ontem no Plenário da Câmara.
Foto: Gazeta do Triângulo

DA REDAÇÃO – Na mesma sessão em que o desconto para pagamento à vista do IPTU seria discutido, Carlos Machado (PDT) pediu que o Corpo de Bombeiros fosse ao Plenário da Câmara dar explicações sobre a construção da sede própria, a possível elevação do Pelotão para Companhia e a falta de um dos dois caminhões do 8º Pelotão utilizados no controle de incêndios. Segundo o legislador, isso teria causado indisposição durante a ocorrência na rua Jaime Gomes, presenciada por ele. “Era um incêndio de grandes proporções e os bombeiros estavam em outra ocorrência na mesma hora,” declarou.

O comandante do Segundo Comando Operacional de Bombeiros em Uberlândia, coronel Felipe Aidar, atendeu prontamente ao pedido e esteve ontem no Plenário da Câmara. Em entrevista à Gazeta do Triângulo, ele deu informações contundentes relacionadas à atual situação do 8º Pelotão de Bombeiros Militar e o papel do poder público para melhorar a prestação de serviço.

EM MANUTENÇÃO

Um dos dois veículos de combate a incêndio está em manutenção e de acordo com informações do comandante, a frota é suficiente para Araguari em comparação ao que é disponibilizado para outras cidades no estado. “A manutenção acontece em BH. Como a quantidade de veículos é pequena, as peças são mais difíceis de serem encontradas. O período de festas e feriados também atrasou o conserto. Nossos veículos são sujeitos à indisponibilidade, assim como qualquer outro,” comentou.

 FALTA DE HIDRANTES

Um veículo tem capacidade para armazenar 7 mil litros de água. No entanto, existem apenas seis hidrantes na cidade, o que também dificultaria uma resposta mais rápida. “Por exemplo, não tem como colocar um caminhão para vir da BR-050, isso vai atrasar o atendimento,” declarou.

NOVA SEDE

Em 2012, o Corpo de Bombeiros tentou transferir a nova sede para o prédio da antiga Escola Padre Elói, mas as negociações não foram levadas adiante. Um local maior é fundamental para melhorar o atendimento. Recentemente, foi discutida com a atual administração a possibilidade de mudança para o prédio do Hospital Municipal, no bairro Miranda, mas ainda não há definições mais concretas a respeito. “A sede tem que ser na região central da cidade justamente para facilitar o deslocamento.”

MUDANÇA PARA COMPANHIA E APOIO MUNICIPAL

“Aumentamos o efetivo em 20%. Hoje em termos de pelotão, a fração de Araguari é a que possui a maior quantidade de bombeiros no estado. Fizemos isso pensando na elevação de Pelotão para Companhia. O restante é um processo que não conseguimos resolver do dia para o outro, precisamos de uma nova sede e aí sim, isso será possível, com esforços do governo municipal e estadual,” concluiu.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: