Quinta-feira, 21 de Março de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Consumo de peixes e ovos aumenta com início da Quaresma em Araguari

ter, 12 de março de 2019 05:22

Da Redação

O período religioso da Quaresma começou na Quarta-Feira de Cinzas, dia 6, abrindo a tradição anual de abster-se da carne vermelha durante os 40 dias que antecedem a Páscoa. Com a tendência de crescimento nas vendas de peixe, os vendedores anunciam aumento no preço da carne, entretanto, a procura por pescados deve se manter estável em comparação com 2018.

A espécie mais produzida em Minas Gerais é a Tilápia, sendo que a maioria dos pescados comercializados vem de outros estados. Segundo uma breve pesquisa realizada pela reportagem, estabelecimentos garantem que os campeões de vendas são filé de merluza, pintado, surubim e tilápia. Todavia, outros tipos, principalmente os de poucos espinhos, também são bastante procurados e são eles que mais sofrem reajuste.

Com o aumento na procura de pescados, os vendedores anunciam aumento no preço da carne

Com o aumento na procura de pescados, os vendedores anunciam aumento no preço da carne

 

Os preços variam de semana a semana. O filé de Tilápia que era vendido por R$ 23,00 agora pode ser encontrado por valores entre R$ 29,90 à R$ 32,00. O quilo do bacalhau pode ser encontrado a partir de R$ 28,90. O camarão chega a custar R$ 50.

De acordo com a representante de um açougue na cidade, a venda de pescados está dentro da expectativa. “Observamos um aumento na procura por peixes e frutos do mar. Na semana que antecede a Sexta-Feira da Paixão e o Domingo de Páscoa é que registramos o auge nas vendas. Acreditamos que este ano será um pouco melhor do que no ano passado,” ressaltou Regina da Costa Sousa.

Para o comerciante Flávio Dias, a expectativa é atingir 15% a mais nas vendas se comparado a dias comuns. Para ele, é importante sempre oferecer um produto de qualidade ao consumidor, principalmente quando se trata de pescados. “Faço o estoque gradativamente. As vendas aumentam mais na última semana então, vou comprando de acordo com a procura. É complicado fazer estoque muito grande nas peixarias, pois, a mercadoria precisa estar sempre fresca”, afirma.

Na hora de comprar o peixe, o consumidor deve observar se o pescado está bem refrigerado ou conservado em uma camada espessa de gelo. O corpo do peixe tem que estar bem liso, com a pele intacta e a carne firme sempre que pressionarmos o dedo sobre ela. Quando comprado fresco, o peixe deve apresentar guelras brilhantes e com a cor vermelha, clara e sem marcas cinzentas. “As escamas devem estar bem aderidas, o peixe deverá estar brilhante e úmido, sem nenhum odor diferenciado, pois o peixe pode estar vencido ou velho”, explicou.

Neste período, os consumidores também fazem dos ovos uma opção para acrescentar no cardápio diário. Os comerciantes afirmam que a venda destes produtos também aumentou. O ovo branco é o mais vendido, sendo que a caixa com 20 unidades varia entre R$ 5,99 e R$ 6,99. Como garantia o Órgão de Defesa do Consumidor (PROCON), promete fazer fiscalização para coibir o abuso nos reajustes neste período, com maior foco na Semana Santa. Conforme informações, as equipes de fiscais pretendem divulgar uma pesquisa de preços completa nos próximos dias.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: