Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Comércio no Dia dos Namorados aponta baixa expectativa para este ano

sáb, 8 de junho de 2019 05:56

por Laura Alvarenga

Com a comemoração do Dia dos Namorados se aproximando, muitos casais tendem a ir às compras em busca de um presente para o seu parceiro (a). Este ano, segundo um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), seis em cada dez consumidores (63%), têm a pretensão em presentear alguém especial nesta data. A porcentagem apresentada representa cerca de 98,7 milhões de pessoas, com base nas capitais brasileiras em relação ao comércio de 2018.

Horários de atendimento estendidos em algumas lojas e ofertas, são apostas para atrair público nos últimos dias antes da data comemorativa

Horários de atendimento estendidos em algumas lojas e ofertas, são apostas para atrair público nos últimos dias antes da data comemorativa

 

No último ano, em torno de 57% fizeram a aquisição de presentes em comemoração à data. Para 2019, espera-se que o consumidor gaste em média R$ 126,98 em presentes, valor apresentado em contrapartida à média de R$ 166,87 registrada em 2018. A média esperada para 2019 aponta uma queda de 27,5% no comércio, descontada a inflação acumulada do período.

De acordo com Crystiano Ferreira Batista, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Araguari, e vice-presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL-MG) os segmentos que mais movimentam capital nesta época do ano são os de perfumes, eletroeletrônicos e confecções. A expectativa é que cerca de R$ 12,53 bilhões sejam injetados na economia do país.

A pesquisa da CNDL junto ao SPC Brasil também mostra que 15% ainda não decidiram o valor que pretendem gastar em presentes. Um terço dos entrevistados (34%) respondeu que têm a intenção em gastar a mesma quantia do ano passado, enquanto isso, 28% pretendem gastar um valor mais alto. Outros 17% esperaram gastar menos que o previsto, especialmente as mulheres (26%). No que se refere aos meios de pagamento, 39% disseram que preferem parcelar o valor gasto, 59% disseram que pretendem pagar à vista, destes, 38% preferem realizar o pagamento à vista preferencialmente em dinheiro.

Segundo o proprietário de uma loja no centro da cidade, mesmo que os números da pesquisa apresentem uma queda nas compras deste ano, “a expectativa é a melhor possível. Estamos trabalhando com preços especiais para atrair o público e não deixar a data passar em branco”.

O levantamento indica, ainda, que 63% garantem a compra de um único presente no Dia dos Namorados, enquanto 27% preferem adquirir um ou mais itens. A pesquisa também questionou a percepção dos entrevistados em relação ao aumento nos valores do mercado, e, mais da metade (56%) têm consciência de que os produtos estão mais caros neste ano. Outros 76% dizem pesquisar os preços antes de efetuar a compra.

Outra proprietária de um negócio local afirmou que “a loja está bastante movimentada, principalmente agora no fim de semana”. Segundo a comerciante, mesmo com dificuldades, os clientes procuram agradar seus parceiros nesta data.

Questionado sobre horários de funcionamento especiais, o presidente da CDL informou que é facultativo a cada lojista, “não temos nenhuma regra e horário pré-definido, vai da decisão de cada comerciante”.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: