Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

AUTI recebe pagamento da primeira parcela do subsídio referente ao ano de 2016

ter, 14 de novembro de 2017 05:42

Da Redação

A Associação dos Universitários do Triângulo (AUTI) recebeu, nessa segunda-feira, 13, o pagamento da primeira parcela do subsídio referente ao ano de 2016. Os representantes da associação participaram de uma reunião emergencial nesse sábado, 11, para discutir questões relacionadas ao valor em atraso, ao repasse correspondente ao ano de 2017, à cobrança de boletos extras e outras situações.

De acordo com Pablo Ferreira Junior, presidente da AUTI, a prefeitura efetuou o pagamento da primeira parcela no valor de R$ 57 mil, de um total de R$ 268.520, sendo R$ 221.000 referentes ao subsídio e R$ 47.520 referentes às bolsas socioeconômicas. “O valor foi repassado conforme o acordo que firmamos na semana passada com a prefeitura, sendo três parcelas no valor de R$ 57 mil, uma parcela no valor de 50 mil e o restante, referente às bolsas, será devolvido na última parcela”.

Projeto de Lei para a subvenção referente ao ano de 2017 ainda não foi enviado à Câmara Municipal

Projeto de Lei para a subvenção referente ao ano de 2017 ainda não foi enviado à Câmara Municipal

 

Devido a uma inconsistência na prestação de contas, a AUTI deve retornar o valor de R$ 20.400 para a prefeitura. “Para que não tenhamos novas inconsistências, esse valor será devolvido em nossa prestação de contas, que deve ser realizada no mês de fevereiro”.

O presidente comenta que, na semana passada, a prefeitura analisou a documentação referente ao subsídio para o ano de 2017. Os documentos exigidos de acordo com a Lei nº 13.019 de 2014, que somam 29 itens, foram reunidos na terça-feira, 7, e encaminhados para o Conselho de Seleção, Monitoramento, Avaliação e Prestação de Contas. “A documentação foi aprovada na sexta-feira, 10. No mesmo dia, foi enviada ao secretário de Governo, Rafael Guedes, e, em seguida, será encaminhada ao gabinete do prefeito Marcos Coelho (PMDB), que dará a anuência para que seja confeccionado o Projeto de Lei”.

A expectativa da associação é para que o projeto seja aprovado ainda esse mês. “O município afirmou que não tem condições de efetuar o pagamento do subsídio para o ano de 2017, mas informou que o gabinete do prefeito se encontra aberto para a apresentação de propostas de valor. Como restam poucas sessões na Câmara Municipal até o recesso, esperamos que o Projeto de Lei seja encaminhado e votado ainda esse mês com um valor ao menos semelhante ao subsídio de 2016”.

Em relação à cobrança dos boletos por parte da empresa prestadora de serviço, o presidente afirma que, após o pagamento do subsídio, o proprietário da Empresa Reis e Tur garantiu que, ao receber a primeira parcela, o boleto extra que deveria ser pago em dezembro será recolhido. Assim que a prefeitura efetuar o pagamento da segunda parcela, o boleto extra do mês de janeiro também será cancelado.

“Consta no contrato uma cláusula afirmando que, caso a prefeitura não cumpra com o pagamento da subvenção, o valor será pago pelo associado. Para o próximo ano, tentaremos pensar em um valor sem o repasse da prefeitura para que essa cláusula não seja mais necessária. Então, caso o repasse seja aprovado, haverá desconto ou devolução do valor por parte da empresa”, explica o presidente.

Pablo Ferreira agradece ao Executivo pela efetivação do compromisso e ao Legislativo por apoiar as negociações junto à prefeitura. “Estamos em fase de conquistas e agradecemos a prefeitura pela disposição e à Câmara Municipal por todo o apoio. Também estamos esperançosos com a agilidade da aprovação do Projeto de Lei referente ao ano de 2017”.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: