Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Araguarinos questionam falta de ressarcimento do ingresso de show da cantora Marilia Mendonça

qua, 22 de maio de 2019 05:15

Da Redação

O show da cantora sertaneja Marília Mendonça que deveria ter acontecido em fevereiro de 2017, voltou a ser alvo de questionamentos em Araguari. Após dois anos, os consumidores que adquiriram ingressos reclamam que não foram ressarcidos do valor pago pelo evento. Em um grupo das redes sociais, um internauta publicou uma mensagem questionando sobre o reembolso.

Na postagem, ele indaga porque ninguém foi ressarcido e diz ainda que chegou à entrar em contato com o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), mas até então o caso não foi resolvido. Várias pessoas interagiram com a publicação, ressaltando seus prejuízos. Diante disso, a reportagem da Gazeta do Triângulo entrou em contato com algumas pessoas que adquiriram o ingresso, e confirmaram que não houve nenhum retorno e não obtiveram informação recente sobre o caso.

Após dois anos, os consumidores que adquiriram ingressos não foram ressarcidos

Após dois anos, os consumidores que adquiriram ingressos não foram ressarcidos

 

Em contato com o Procon, a diretora responsável pela unidade em Araguari, Michelle Cursino, informou que não houve reclamações sobre o caso que segue sob responsabilidade do Ministério Público. Segundo ela, através da 4ª Promotoria, responsável pela Curadoria de Proteção e Defesa do Consumidor, o MP ajuizou uma ação civil pública que está em andamento. A informação é de que não há previsão de término para a ação.

A reportagem entrou em contato com o MPMG para falar sobre a questão, entretanto, sem êxito. O show de Marília Mendonça foi cancelado por duas vezes devido às condições climáticas. Inicialmente, a cantora sertaneja estaria na cidade no dia 3 de fevereiro, para se apresentar no Parque de Exposições “Rondon Pacheco”. No mesmo dia, o show foi adiado para 9 de março, sendo posteriormente cancelado definitivamente devido às chuvas que danificaram os equipamentos, impossibilitando a apresentação.

Os ingressos foram comercializados entre R$ 50 e R$ 150. Após negativa de pagamento de ressarcimento de ingressos do Show Marília Mendonça, o Procon de Araguari acionou o Ministério Público Estadual, quando foram realizadas audiências com os responsáveis pela organização, sendo firmado um Termo de Ajuste de Conduta (TAC).

As quantias deveriam ter sido devolvidas em meados de junho de 2018, o que não ocorreu, configurando quebra de acordo. Diante disso, o Ministério Público entrou com uma ação civil pública, além de multa no valor de R$ 10 mil aos responsáveis e a cantora também poderia ser responsabilizada, possivelmente arcando com o reembolso.

Um caso parecido ocorreu em 2015, após o anúncio de que a banda RPM se apresentaria em junho, mas o show foi adiado. O ingresso não era vendido separadamente, sendo necessário adquirir mesa de seis lugares, que no total, custava 480 reais. No final de agosto daquele ano, a organizadora do evento garantiu que faria a devolução do dinheiro, o que não aconteceu. Até hoje, várias pessoas se sentem lesadas. Pagantes que não receberam o dinheiro de volta tentam na Justiça, reaver o valor gasto para aproveitar um show que jamais aconteceu.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: