Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Araguari registra rápido aumento de casos positivos com a proximidade do pico da pandemia

sáb, 11 de julho de 2020 00:52

Da Redação

Especialistas e autoridades de Minas Gerais calculam que o pico da pandemia do novo coronavírus acontecerá nos próximos cinco dias. Apesar de parecer um pouco distante, a ascensão da curva epidemiológica tem causado preocupação em toda região do Triângulo Mineiro, onde os diagnósticos positivos e o número de óbitos aumentaram rapidamente durante esta semana.

Araguari registrou nesta semana a maior quantidade de diagnósticos positivos para o novo coronavírus

Araguari registrou nesta semana a maior quantidade de diagnósticos positivos para o novo coronavírus

É o que mostra o boletim epidemiológico realizado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), divulgado na manhã desta sexta-feira, 10. Em Araguari, já são 806 casos confirmados e 11 mortes causadas pela doença. Nos últimos dias, a reportagem verificou que os números estão mais próximos dos dados da Secretaria Municipal de Saúde, que aponta para 866 casos positivos e 549 suspeitas. Além disso, a pasta informou que o número de óbitos é de 15, há nove mortes suspeitas em investigação e sendo que um óbito suspeito ocorreu no dia 9, sendo paciente do sexo masculino, 23 anos. Já, nesta sexta-feira, outro óbito suspeito foi registrado e o paciente do sexo masculino, de 67 anos, era residente no município de Prata.

Quanto às internações, o informativo municipal ressalta que 34 pessoas seguem internadas em leitos de UTI e enfermaria. Segundo apurou a reportagem, no município já foram contabilizadas 2.850 notificações relacionadas à covid-19, desde o início da pandemia. Diante do atual cenário epidemiológico, a administração municipal aprovou o Plano de Resposta Hospitalar e o Plano de Contingência Operativo – covid-19, que se fundamenta em dados epidemiológicos do município, garantindo a assistência e atendimento exclusivo aos pacientes diagnosticados como portadores de covid-19, sendo estruturado para leito de internação clínica voltada aos pacientes com sintomas respiratórios de baixa complexidade.

O documento publicado na edição desta sexta-feira, do Correio Oficial do Município, prevê que o Hospital de Campanha contará com corpo técnico para atendimento do fluxo diário de ocupação de até 50 leitos, bem como, equipe mínima de profissionais médicos por plantão com carga horária compatível a cobertura por 24 horas diárias. Além disso, aborda ainda orientações para manejo de pacientes com a covid-19 e como deve ser realizado os atendimentos na referida unidade.

Diante da situação emergencial, um novo edital de chamamento foi divulgado visando a contratação de profissionais da saúde para a função de fisioterapeuta para trabalharem no Hospital de campanha. Para isso, os interessados devem encaminhar documentos à Secretaria Municipal de Saúde e a contratação se dará opor contrato administrativo. A pandemia tem se alastrado pelos municípios do interior do Estado, sendo que 752 cidades têm, atualmente, pelo menos um morador infectado ou uma morte causada pela doença. Já as mortes aconteceram em 293 cidades, destacando um índice de letalidade da doença próximo de 2,1%. Somados os novos índices, Minas Gerais alcançou pela primeira vez um número de 70.086 casos confirmados e 1.504 óbitos. Também há 23.437 casos em acompanhamento e pelo menos 45.145 pessoas se recuperaram da doença no estado.

 

Manifestação

Na tarde da última quinta-feira, 9, uma carreata chamou a atenção dos moradores da região central da cidade. Conforme verificou a reportagem, a mobilização se tratou de uma manifestação dos comerciantes que seguiram para a prefeitura, onde solicitaram apresentar suas demandas ao prefeito Marcos Coelho. Diante disso, a administração municipal informou que devido à aglomeração no local, apenas três representantes foram autorizados a se reunir no gabinete. No entanto, eles se recusaram e seguiram para o Ministério Público, em busca de apoio.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: