Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Araguari registra mais um assalto a mão armada

qui, 6 de fevereiro de 2014 01:55
Roupas e objetos foram vasculhados  pelos autores na ausência do morador. Foto: Gazeta do Triângulo

Roupas e objetos foram vasculhados pelos autores na ausência do morador.
Foto: Gazeta do Triângulo

DA REDAÇÃO – O advogado Clodoaldo Rodrigues Porto de 64 anos de idade falou com a reportagem e detalhou sobre os episódios que o deixaram entre a vida e a morte em sua própria residência, na rua Marechal Deodoro, 236 no centro da cidade.

Conforme apurado pela reportagem, que esteve no local após a chegada dos policiais, a entrada dos bandidos deve ter acontecido entre 9h e 11h30, sem a presença de Clodoaldo, que mora sozinho.

De acordo com informações da vítima, ao chegar, se deparou com a casa toda desarrumada, roupas e objetos espalhados pelo chão. “Imediatamente liguei para minha irmã e disse que minha residência havia sido arrombada e, seria necessário chamar a polícia. Ao desligar, fui surpreendido por um jovem que aparentava ter entre 18 e 25 anos de idade, e estava escondido debaixo da cama. Nesta hora, ele veio em minha direção. Fiquei trancado no banheiro sendo ameaçado de morte com uma faca em meu pescoço. Além de tirar minhas correntes de ouro, ele levou meu celular e a quantia de 100 reais”, explicou.

Depois disso, ao ouvir o interfone tocar, o autor disse para que a vítima ficasse quieta dentro do banheiro senão a mataria. “Pude observar quando ele pulou o muro dos fundos para fugir”, explicou.

Apesar de tomar as providências de segurança, como instalação de grades nas janelas, as medidas não impediram que os ladrões entrassem. Conforme visto pela reportagem, a grade do corredor da casa foi retirada e provavelmente a ausência de aproximadamente duas horas contribuiu para o arrombamento.

Clodoaldo mora no local há dez anos e esta é a segunda vez que foi surpreendido por bandidos. “Da primeira vez, fui ameaçado com um revólver, e também levei muito prejuízo, inclusive emocional”, destacou o advogado que pretende se mudar do local, que teve duas residências arrombadas em menos de três dias. Até o fechamento da matéria os bandidos ainda não tinham sido presos.

Uma televisão chegou a ser desinstalada, no entanto, não foi levada, pois, os ladrões foram surpreendidos quando a irmã da vítima tocou o interfone. Foto: Gazeta do Triângulo

Uma televisão chegou a ser desinstalada, no entanto, não foi levada, pois, os ladrões foram surpreendidos quando a irmã da vítima tocou o interfone. Foto: Gazeta do Triângulo

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: