Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Araguari registra mais duas suspeitas de sarampo

sex, 4 de outubro de 2019 05:31

por Laura Alvarenga

Informações do departamento de Epidemiologia do município repassadas à Redação da Gazeta do Triângulo indicaram o aumento de oito para dez casos suspeitos de sarampo em Araguari. Segundo Priscila Silva, coordenadora da pasta, destes dez casos, três foram descartados, totalizando sete que ainda estão em investigação.

De janeiro até agora, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou 34 casos de sarampo no estado. Quatro ocorreram apenas no primeiro trimestre do ano e, a cadeia foi contida. De junho em diante, o número de suspeitas se elevou para 1.348, provenientes de 206 municípios mineiros. Destes, 694 (51,5%) foram descartados, 624 (46,3%) estão em investigação e 30 (2,2%) foram os confirmados, sendo detectados novos casos e cadeias de transmissão da doença.

Conforme boletim epidemiológico divulgado pela SES-MG, os quatro casos confirmados no primeiro trimestre do ano foram identificados em moradores dos municípios de Belo Horizonte, Contagem e Betim, os quais a cadeia responsável foi resultado de uma viagem à Europa. Quanto aos outros 26 casos confirmados nos últimos 90 dias, estes, foram importados através de pessoas que estiveram no estado de São Paulo, ou em contato direto com paulistas, especialmente moradores das cidades de São Paulo, Jundiaí, São Bernardo do Campo e Araras. A exceção deste tipo de vínculo foi para os casos das cidades de Betim, Ribeirão das Neves, Unaí e Muriaé, por ainda não se saber as origens de contato dos doentes.

Em última entrevista à Gazeta do Triângulo, a enfermeira técnica responsável pelo departamento de Epidemiologia do município, Valéria dos Reis Rodrigues, disse que a cobertura vacinal tem sido feita em todas as unidades de saúde, atendendo ao público prioritário.

Em decorrências das suspeitas de sarampo manifestadas, o município irá iniciar uma campanha de vacinação contra o sarampo realizada em duas etapas. A primeira será no período de 7 a 25 de outubro, sendo o Dia D de vacinação em 19 de outubro para crianças de seis meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias.

A segunda etapa acontecerá de 18 a 30 de novembro, voltada para pessoas com idade entre 20 a 29 anos. O Dia D de vacinação para esta faixa etária tem previsão para acontecer em 30 de novembro. Os locais e horários da cobertura vacinal serão informados posteriormente.

Casos na região

Até o momento, o município de Uberlândia continua com nove casos confirmados de sarampo. A secretaria municipal de Saúde da cidade não informou detalhes sobre os pacientes, apenas que são pessoas com idade superior a 20 anos.

No município de Araxá, existem dois casos suspeitos de sarampo em investigação. Estes foram encaminhados para apuração pela Vigilância Epidemiológica, a qual aguarda o resultado dos exames laboratoriais para confirmação. A secretaria de Saúde da cidade informou ter reforçado a cobertura vacinal em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de modo que toda a população possa ser atendida.

Em Uberaba, a secretaria de Saúde do município informou que até o momento foram registrados 12 casos suspeitos de sarampo, sendo que, destes, três foram descartados pela SES-MG.

Brasil

O Ministério da Saúde informou que, nos primeiros meses do ano a transmissão do vírus foi interrompida na região norte do país. Contudo, meses depois, alguns casos foram importados de países como Israel, Malta e Noruega, iniciando uma nova cadeia de transmissão.

Em 2019 foram confirmados 5.346 casos de sarampo. Destes, 4.826 (90,3%) foram confirmados por critério laboratorial e 520 (9,7%) por critério clínico epidemiológico. No período referente a 30 de junho a 21 de setembro, 32.026 casos de suspeita de sarampo foram notificados no Brasil. Destes, 5.818 (18,2%) foram descartados, 4.507 (14,1%) confirmados, e 21.711 (67,8%) estão em investigação.

Quatro óbitos foram confirmados por sarampo no país, sendo três no estado de São Paulo e um em Pernambuco. As vítimas foram três crianças com idade inferior a um ano e um adulto de 42 anos. Apenas uma das vítimas era do sexo feminino e nenhum recebeu as doses da Tríplice Viral.

Quem pode se vacinar contra o sarampo

Crianças:

  • Dose zero: crianças de seis meses a menores de um ano;
  • Primeira dose: crianças que completarem um ano de idade;
  • Segunda dose: aos 15 meses de idade, última dose por toda a vida;

 

Adultos:

Tomou apenas uma dose até os 29 anos de idade:

  • - Se tem entre um e 29 anos e recebeu apenas uma dose, é recomendável completar o esquema vacinal com a segunda dose da Tríplice Viral;
  •  - Quem comprovar que tomou as duas doses da vacina contra sarampo, não precisa recebê-la novamente;

 

Não tomou nenhuma dose, perdeu o cartão de vacinação ou não se lembra:

  • - De um a 29 anos são necessárias as duas doses da vacina;
  • - De 30 a 49 anos é necessária apenas uma dose da vacina;

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: