Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Araguari registra, em média, três homicídios tentados ao mês

qua, 13 de março de 2019 05:36
.

.

Da Redação

Assim como em janeiro de 2017 e 2018, no primeiro mês desse ano foram registrados três homicídios tentados no município, de acordo com dados oficiais da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MG).

Essas ocorrências colocam Araguari em 13º lugar no ranking de Minas Gerais nesse tipo de crime, ao lado de outros 12 municípios, dentre eles Ipatinga, Sete Lagoas, Nova Lima, Patos de Minas e Unaí.

Considerando somente o Triângulo Norte, que registrou 15 tentativas de homicídio em janeiro, Araguari aparece na segunda colocação, atrás apenas de Uberlândia, com dois casos a mais. O grupo dos seis primeiros tem, ainda, Patrocínio, Ituiutaba, Monte Carmelo e Araporã.

Nos primeiros 31 dias de 2019 os criminosos tentaram matar dezenas de pessoas em todo o Estado. As cidades mais violentas no período foram Belo Horizonte (41 ocorrências), Contagem (22), Governador Valadares (10), Betim (nove), Divinópolis e Ribeirão das Neves (oito ocorrências cada).

A Secretaria de Estado de Segurança Pública não divulgou os números de fevereiro. Porém, segundo apurado pela Gazeta do Triângulo, novamente foram três casos registrados nos bairros: Paraíso (duas vítimas menores de idade) e Bela Suíça (uma vítima).

.

.

No ano passado, de acordo com os números da Sesp-MG, houve 28 homicídios tentados em Araguari. Os meses mais violentos nesse quesito foram novembro (cinco ocorrências) e fevereiro (quatro). Não teve nenhum registro em julho e outubro. Em 2017 foram 24 tentativas, quase o dobro de 2016, quando ocorreram 13 casos.

As estatísticas de criminalidade da Secretaria de Estado de Segurança Pública estão disponíveis no Portal Números (www.numeros.mg.gov.br). No endereço é possível consultar as ocorrências e taxas dos nove crimes violentos (homicídio tentado e consumado, estupro tentado e consumado, estupro de vulnerável tentado e consumado, roubo, extorsão mediante sequestro e sequestro e cárcere privado) dos 853 municípios e de todas as regiões do Estado. A consulta é mensal.

 

2 Comentários

  1. Janis Peters Grants disse:

    Prezado Redator,

    Eu nunca gostei de cidades grandes… Goiânia, São Paulo, Santos, Rio de Janeiro, Brasília … Morei em todas.

    Em 1986, saindo da Faculdade em Brasília à noite, fui assaltado por três BANDIDOS, um deles, com um cano de um 38 na minha narina. Garanto-lhes que é uma experiência extremamente desagradável ter que negociar pela própria vida.

    A gente passa a ODIAR quem fatura para por BANDIDO nas ruas. É lícito. E muito rentável.

    Na primeira oportunidade profissional que me surgiu, mudei-me para o interior. Araguari. Sinônimo de QUALIDADE DE VIDA.

    Estou assustado com nossa Araguari atual.

    Moro em uma cidade menor do que um bairro de Araguari. Já tenho cercas eletrificadas nos meus muros altos, e providenciando a horripilante concertina… aquela, de guerras e campos de concentração, de penitenciárias …

    Meu vizinho da direita, é uma Igreja Evangélica. Já foi assaltada. Por um da casa… Postaram o vídeo da câmera de segurança na Internet…

    Ainda bem que o UNGIDO não pulou para o lado de dentro do MEU MURO.

    Atenciosamente,
    Janis Peters Grants.

  2. Anônimo disse:

    Na minha casa de vez em quando pulavam gente no jardim, mas depois que colocamos concertina nunca mais pulou ninguém já fazem seis anos. Seria bom enrolar a cerca com fios de alta tensão, mas tem o problema dos gatinhos que andam dentro delas.
    A violência vai continuar do mesmo jeito, nada vai mudar. Tem gente que ganha dinheiro é tirando bandidos da cadeia e ninguém vai fazer nada para atrapalhar o serviço deles. O que adianta o povo querer um país diferente se os políticos não querem

Deixe seu comentário:

Cancelar Resposta