Segunda-feira, 27 de Maio de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Acusado de assassinato em Piracaíba irá a júri popular na Primeira Vara Criminal

qui, 16 de maio de 2019 05:09

Da Redação

Sentença proferida pela Juíza Danielle Nunes Pozzer manda ao Tribunal do Júri o acusado da morte de Eduardo Augusto da Silva, 33 anos, ocorrida através de pauladas no primeiro dia de 2018, por volta de 22h, na rua Romualdo Marques Coelho, distrito de Piracaíba.

Eduardo tinha apenas 33 anos e foi assassinado em janeiro de 2018 ** Divulgação

Eduardo tinha apenas 33 anos e foi assassinado em janeiro de 2018
** Divulgação

A denúncia consta que o crime foi competido por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. Os envolvidos eram vizinhos e teriam discutido por conta do volume alto do aparelho de som de Eduardo, que recebeu vários golpes de madeira na cabeça, falecendo antes mesmo da chegada do socorro médico.

O acusado de 46 anos foi interrogado na Primeira Vara Criminal da Comarca de Araguari e confessou a autoria do homicídio, mas alegou legítima defesa. Disse ainda que ele mesmo acionou a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, aguardando a chegada das guarnições para se entregar.

A defesa chegou a requerer a instauração do incidente de insanidade mental, tendo em vista que foi demonstrado que o denunciado é portador de anomalia mental, porém, não foi aceito o pedido. Assim, pleiteou a retirada das qualificadoras do motivo fútil e do recurso que dificultou a defesa da vítima.

Para a Juíza, os pedidos do réu devem ser analisados pelo Conselho de Sentença no Tribunal do Júri. Quanto à legítima defesa, no momento não há prova categórica de tal argumento.

A magistrada colocou que o acusado se encontra em liberdade desde o último dia 11 de abril, não havendo motivos para a decretação da prisão preventiva. A data da sessão de julgamento será designada.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: