Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Abertura oficial da Fenicafé 2019 reúne autoridades

qua, 20 de março de 2019 05:28

por Mel Soares

Deputados eleitos por Araguari participam da cerimônia e demonstram engajamento para buscar melhorias no setor cafeeiro

Na manhã dessa terça-feira, 19, foi promovida a solenidade oficial de abertura da 24ª Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura –Fenicafé 2019, no Pica Pau Country Club. O evento reúne dois grandes encontros, a 22ª Feira de Irrigação em Café do Brasil e o 21° Simpósio Brasileiro de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada.

Durante a abertura, a diretoria da Associação dos Cafeicultores de Araguari – ACA, responsável pelo evento, destacou que a Fenicafé se caracteriza mundialmente como a maior feira de irrigação e tecnologia para cadeia produtiva cafeeira, tendo representantes de mais de cem cidades brasileiras e quatro países presentes, dentre eles: técnicos, produtores, autoridades, fabricantes e revendedores de equipamentos e interessados no agronegócio do setor.

Abertura oficial foi promovida na manhã dessa terça-feira

Abertura oficial foi promovida na manhã dessa terça-feira

 

De acordo com o presidente da ACA, Cláudio Morales Garcia, o evento tem como objetivo a venda do café, de produtos, equipamentos e serviços ligados ao meio cafeeiro, e ainda a promoção de Simpósio Brasileiro de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada que, além de contar com o apoio da ACA, tem parceria da Universidade de Uberaba – Uniube e do Consórcio de pesquisa, Embrapa Café.

Em 2019, o tema abordado pela feira é “Conecte-se ao Futuro da Cafeicultura”, que tem como intuito apresentar novas plataformas tecnológicas utilizadas no setor cafeeiro.

“O café é um bem material precioso em nosso país, não somente para a sua economia, mas também faz parte da nossa tradição. Por esse motivo não podemos deixar de lutar por nossos interesses, enquanto classe produtora. As dificuldades são muitas, no entanto, jamais superam a força de fazer essa cultura crescer cada vez mais. Nós, enquanto produtores de café, não devemos nos intimidar com a crise no setor cafeeiro. Na verdade, é preciso sim, estar prontos para buscar recursos que elevam a qualidade da produção e a competitividade nos mercados nacional e internacional”, destacou o representante da Fenicafé.

Os deputados que representam Araguari em âmbito estadual e federal estiveram presentes na abertura do evento. Durante a cerimônia, o deputado estadual Raul Belém (PSC) declarou estar bastante empenhado e comprometido para aprovar na Assembleia de Minas Gerais, leis que, de fato, possam mudar os rumos de Minas Gerais.

Primeiro dia do evento contou com a presença de autoridades de âmbito municipal, estadual e federal

Primeiro dia do evento contou com a presença de autoridades de âmbito municipal, estadual e federal

 

“A Assembleia de Minas está disposta a fazer as transformações e mudanças necessárias em favor do nosso produtor rural e, em especial, da cafeicultura. Nós devemos ter muito orgulho do que foi construído na região do cerrado mineiro, temos que sentir orgulho de ter um café certificado. Se você for a Paris tomar uma xícara de café, é possível pedir um café do cerrado. Isso é graças ao trabalho e esforço e nós precisamos enquanto homens públicos, que o povo confiou, dar o melhor resultado. Tenho absoluta convicção que possibilitando bom resultado ao cafeicultor e ao produtor rural, nós estaremos fortalecendo os nossos municípios, o nosso Estado e estaremos fazendo o Brasil cada vez maior”, argumentou.

Ao falar sobre o assunto da cafeicultura, o deputado federal Zé Vitor (PMN) afirmou que nos últimos vinte anos a produtividade aumentou mais de quatro vezes, o que aponta para a evolução da cafeicultura.

“Quando nós conversamos sobre a cafeicultura não tenho dúvida que são pontos extremamente importantes, o apoio é necessário para dar sustentação a esse nosso mandato, temos que discutir temas espinhosos; para muitos são espinhosos, mas para nós, faz parte da rotina e merece uma especial atenção, principalmente a questão ambiental. Por onde passo, ouço reclamações sobre essa burocracia. Ninguém está insatisfeito com a questão ambiental, o que tem nos tirado o sono, o sossego, e a boa parte de nossa energia é essa burocracia que tem nos impedido de avançar. Nós temos participado de grandes debates e eu enxergo que a irrigação e essa feira são muito próprias para isso, a irrigação tem sido destaque, pela importância econômica e social”.

Também esteve presente na Fenicafé a secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Ana Valentini, representando o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo). Aspectos de desenvolvimento em relação a melhoria do café foram elencados pela secretária, que destacou a importância de valorização que culmina na efetiva qualidade do produto.

Ao final, Ana Valentini, que é produtora rural, lembrou que o Dia Mundial da Água é comemorado na próxima sexta-feira, dia 22. “Nós, produtores rurais, somos os responsáveis pela conservação dos recursos hídricos. Nós não podemos ficar sentados esperando que venha de fora um projeto, principalmente na cultura irrigada. Nós somos os responsáveis, temos que realizar um trabalho eficiente de preservação de recursos hídricos; a sustentabilidade não pode ficar somente no discurso, ela tem que ir para dentro das propriedades rurais, tem que ser uma preocupação nossa não somente do governo”, complementou.

Além da presença dos deputados e da secretária estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, a mesa de autoridades foi composta pelos seguintes representantes: prefeito Marcos Coelho (MDB); secretário municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Agronegócio, Danilo Franco; presidente da Câmara Municipal Wesley Lucas de Mendonça (PPS); presidente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Francisco Sérgio de Assis; presidente do Conselho Nacional de Café (CNC), Silas Brasileiro; diretor do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Sílvio Farnesi; presidente da Cecafé Nelson Carvalhaes ; diretor da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg),Breno Mesquita; comandante da 9ª Região de Polícia Militar de Minas Gerais, Cláudio Vitor Rodrigues Rocha; comandante do 2° Batalhão Ferroviário, tenente-coronel Helton Fernandes de Andrade; chefe da 4ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Minas Gerais, Wilton José Fernandes; comandante da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros, capitão Fabrício Araújo; presidente do Sindicato Rural de Araguari, Tubertino Sena; presidente da Federação  das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Pedro Spina; e representante da Associação Rural Brasileira, Mariana Caetano.

Confira a programação:

Quarta-feira, 20 de março

  • 8 às 9h – Visita aos stands
  • 9 às 9h30 – Abertura do XXI Simpósio Brasileiro de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada
  • Prof. Dr. André Luís Teixeira Fernandes, Uniube, Pró Reitor de Pesquisa, Pós Graduação e Extensão – UNIUBE e Presidente da Associação Brasileira de Engenharia Agrícola – SBEA
  • Dr. Helvécio Matana Saturnino – Presidente da Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem (ABID).
  • Cláudio Morales Garcia – Presidente da Associação dos Cafeicultores de Araguari (ACA).
  • Dr. Antonio Fernando Guerra – Gerente Geral da Embrapa Café.

 

Workshop- Cafeicultura digital e uso racional da água

  • 9h30 às 11h – Agricultura Digital – Uma visão empresarial – Palestrante: Mariana Vasconcelos e Bruno Toniello
  • 11 às 11h45 – Agricultura Irrigada: desafios e oportunidades para o desenvolvimento sustentável – Palestrante: Dr. Lineu Neiva Rodrigues – Embrapa Cerrados
  • 11h45 às 12h30 – Manejo da irrigação: inovação e ajustes do manejo – Palestrante: Prof. Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez – UNESP/Ilha Solteira (SP)
  • 12h30 às 14h – Almoço

 

Workshop – Fertirrigação do cafeeiro

  • 14 às 14h45 – Fertirrigação: interação solo/planta, dinâmica e ferramentas de acompanhamento.
  • Palestrante: Eng.º Agr. Agrônomo Wilson Goto, Yara Internacional
  • 14h45 às 15h30 -  Da teoria a prática da fertirrigação do cafeeiro
  • Palestrante: Eng.º Agr. Adolfo Moura, Consultor.
  • 15h30 às 16h15 – Coffee Break
  • 16h15 às 17h – Manejo da fertirrigação do cafeeiro. – Palestrante: Eng.º Agr. M.Sc. Luiz Dimenstein – Pesquisador do Vulcani Center, Israel.
  • 17 às 17h45 – Considerações: Eng.º Agr. Wilson Goto, Adolfo Moura, Luiz Dimeinstein Mediador- Eng.º Agr. Flávio Bambini, consultor e produtor rural.

 

Quinta-feira, 21 de março

Workshop- Manejo fitossanitário na CAFEICULTURA DO FUTURO, maximizando a produtividade – Controle de doenças e nematoides

  • 8 às 9h – Visita aos stands
  • 9 às 9h45 – Tecnologia – Modernidade operacional.Palestrante: Eng.º Agr.º Dr. Rouverson Pereira da Silva – Unesp – SP
  • 9h45 às 10h30 – Manejo e identificação das principais doenças do cafeeiro.
  • Palestrante: Eng.º Agr.º Dr. Edson Ampélio Pozza – Universidade Federal de Lavras (UFLA/MG)
  • 10h30 às 11h15 – Do viveiro ao campo – Manejo e identificação dos principais nematoides do cafeeiro. Palestrante: Eng.º Agr.º Dr. Inobert de Melo Lima – Incaper/ES
  • 11h15 – Visita aos stands
  • 12h30 às 14h – Almoço

 

Workshop – Manejo físico, químico e biológico do solo – CAFEICULTURA DO FUTURO

  • 14 às 14h45 – Solo – Como construir o perfil do solo e os benefícios fisiológicos na planta
  • Palestrante: Eng.º Agr.º João Dantas – JPS Dantas Assessoria Agronômica.
  • 14h45 às 15h30 – Solo – Manejo da matéria orgânica do solo visando à cafeicultura.
  • Palestrante: Eng.ª Agr.ª Profa. Dra. Regina Maria Quintão Lana – Universidade Federal de Uberlândia (UFU/MG)
  • 15h30 às 16h15 – Solo – Técnicas para melhorar a fração biológica do solo para a utilização na cafeicultura. Palestrante: Eng.º Agr.º Prof. Dr. Fernando Dini Andreoti – Esalq/USP.
  • 16h15 às 17h30 – Considerações: João Dantas, Regina Maria Quintão Lana e Fernando Dini Andreoti – Mediador: Eng.° Agr.º Prof. Dr. José Laércio Favarin – Esalq/USP
  • 17h30 – Encerramento da Fenicafé 2019

 

Mais informações podem ser obtidas através do site www.fenicafé.com.br.

 

1 Comentário

  1. Janis Peters Grants disse:

    Prezada Mel Soares,

    Não esqueça de uma matéria, sobre um acidente com o trem de pouso de uma aeronave de um participante da Feira, ocorrido na pista de pouso e decolagens, Aeroporto de Araguari.

    Só faltava uma FATALIDADE ALI, para fechar com chave de ouro, a INCOMPETÊNCIA de uma Gestão.

    Portfólio Hoopoe.

    Atenciosamente,
    Janis Peters Grants.

Deixe seu comentário: