Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

2º Pelotão de Meio Ambiente realiza mais de 120 patrulhas em dezembro

sex, 4 de janeiro de 2019 05:35

Da Redação

Militares efetuaram duas prisões por crimes relacionadas ao período da Piracema

O 2º Pelotão de Meio Ambiente da Polícia Militar realizou, durante o mês de dezembro, mais de 120 patrulhas em cinco municípios da região. Durante as operações, duas pessoas foram presas por crimes relacionados ao período da Piracema.

De acordo com informações dos militares, na área da flora foram realizadas 30 patrulhas, que resultaram em diversas autuações, somando mais de R$ 40 mil. Na área de fauna, foram promovidas quatro patrulhas específicas, com autuações que somaram R$ 2.600, além da apreensão do couro de um animal silvestre.

Restrições do período da Piracema continuam até o dia 28 de fevereiro

Restrições do período da Piracema continuam até o dia 28 de fevereiro

 

Os militares também promoveram patrulhas na área de recursos hídricos, com autuações que somaram R$ 2.300, e patrulhas na área de poluição e degradação, que resultaram em autuações no valor total de R$ 12.200.

Em relação ao período da Piracema, os militares promoveram 47 patrulhas embarcadas e desembarcadas, que resultaram em duas prisões, com autuações no valor de R$ 8.400, além da apreensão de quatro redes, uma tarrafa, uma arma de fogo e 70 kg de pescado.

A Piracema teve início no dia 1º de novembro e se estende até o dia 28 de fevereiro. Durante esse período, é permitida a pesca apenas de espécies de peixes que não são nativas da bacia do rio Paraná (Paranaíba, Araguari e seus afluentes), como o tucunaré, “zoiudo”, trairão, corvina, bagre africano, carpa, tilápia, piranha preta, carpa, tambaqui e pacu. As espécies nativas, como mandi, piau e barbado, não são permitidas até o dia 28 de fevereiro.

Além disso, na região de Capim Branco I e II, além de respeitar o limite de 1.500 metros dos barramentos das usinas, o pescador poderá capturar apenas três exemplares de peixes dentre as espécies permitidas. Nos demais reservatórios, como Usina de Emborcação, Miranda e Nova Ponte, é permitido pescar até 3 kg, dentre as espécies permitidas, e mais um exemplar, sendo esse peixe extra de qualquer peso.

Em casos de dúvidas, o pescador pode entrar em contato com a equipe do 2º Pelotão da Polícia Militar de Meio Ambiente pelo número (34) 3241-5090 ou 3241-5513 e, para denúncias anônimas, deve entrar em contato pelo número 181.

Captura de animais

Durante o mês de dezembro, os policiais trabalharam no recolhimento de 18 animais silvestres, dentre serpentes, mamíferos, aves e répteis. Em situações de aparecimento de animais como serpentes, a orientação é para que os moradores não tentem realizar a captura do animal, mesmo que não sejam peçonhentos.

O morador deve tentar manter o animal no local em que foi encontrado e acionar a Polícia Militar de Meio Ambiente, pelos números (34) 3241-5090 e 3241-5513, ou o Corpo de Bombeiros, pelo número 193. Caso o morador seja picado pelo animal, é necessário que mantenha a calma e tente manter o membro picado mais baixo do que o resto do corpo. Não é indicado o uso de torniquetes ou mesmo de sangria.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: