Terça-feira, 07 de Abril de 2020
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Lêda Pinho & Você, 21 de fevereiro

sex, 21 de fevereiro de 2020 05:52

Abertura-leda1

Papo nosso de cada dia….

Hoje nossa troca de assunto está diferenciada do habitual, para buscar um pouco mais de conhecimento sobre as propostas vegana e vegetariana.

Isso porque o número de adeptos cresce dia a dia, pelas mais diversas  tendências.

Alguns pelas questões ambientais, outros pela posição contrária ao abate de animais e muitos por questões de encontrarem aí uma vida mais saudável.

Para tanto, conversei com a queridinha Izabela Mandim, que contou o porque de sua adesão e falou um pouco de seu trabalho denominado “Gula sem Culpa”.

Vale lembrar as delícias que ela elabora, assim como uma alquimia culinária, reunindo saúde e sabor.

@izabelamandim e @gulasemculpa_

Conferindo juntos, o que disse Izabela.

“Minha mudança para o estilo de vida sem carne.

 

Izabela Mandim, 20 anos, estudante de Direito Ufu, idealizadora do Gula Sem Culpa.

Ter hábitos saudáveis faz parte da minha rotina, procuro me alimentar bem e praticar exercício físico todos os dias. Há exatamente um ano tomei uma grande decisão, a de parar de comer carne, por questões ambientais, empatia com os amáveis bichinhos e por mudanças ideológicas. Para mim foi uma escolha tranquila, pois nunca tive o costume de comer muita carne, no entanto, continuo consumindo ovos e queijos.

Assim, atualmente não posso me considerar vegetariana mas sim ovolactovegetariana, por ainda consumir esses produtos.

Após essa mudança percebo que ocorreram várias melhorias em mim, me tornei mais adepta às causas ambientais, agora me sinto uma pessoa mais leve por não estar contribuindo para a indústria animal, não me sinto mais empanturrada após uma refeição, meu paladar sofreu modificações, comecei a cozinhar a minha própria comida e a criar várias receitas saudáveis.

Com essa minha ideologia e com o meu amor pela cozinha, idealizei meu pequeno empreendimento de comidas funcionais, Gula Sem Culpa. Com muito carinho faço quitutes saudáveis para adoçar a vida das pessoas, são produtos sem lactose (utilizo apenas o leite de coco caseiro que eu mesma faço), sem adição de farinha branca, sem adição de açúcar refinado, alguns sem glúten e há até veganos de ingredientes (nada de origem animal).

Através do meu projeto espalho um estilo de vida saudável em que você pode comer doces deliciosos sem culpa,  sem impactar o meio ambiente.”

Se quiser experimentar as delícias assinadas por Izabela, entre em contato e faça sua encomenda… Garanto – porque garanto mesmo -  que vai a-do-rar e, quem sabe, mudar seu estilo de alimentação.

Izabela é filha de Odon Naves e Évora, gente que É e Acontece!

Super Valeu!!!

.

.

 

Crème de la Crème

Para falar de elegance absoluta, é a diva Dayse Lemos Dorázio que se destaca!

A serenidade, altruísmo e participação em programas sociais da cidade, fazem – porque fazem mesmo -  da socialite um exemplo admirável!

.

.

 

Niver

Com carinho e afeto, seguem parabéns e baldes de felicidades ao aniversariante do dia 19, Milton Neto!

Seja paz e luz o seu caminho!

.

.

 

Cristal

Transitando o mundo fashion, Ana Maria Aguiar Tavares circula na coluna Lêda Pinho e Você, com requinte  perolado!

A musa do Hélio de Paula Gomes, é a cara do chique em vestimentas, decoração de interiores e trato com as pessoas.

Em destaque a “loiritude” e finesse de Ana Tavares, of course!

Vide bula em dose tripla!

.

.

 

Doce arte

Essa aquariana é um luxo tanto no visú, quanto nas tortas instigantes que arquiteta como poucos, diga-se de passagem!

Ela é ninguém mais, ninguém menos do que Cynthia Flores, descansando a mente em cenário privilegiado, protegendo os holofotes com vidraças escuras, madeixas soltas ao leo e deixando  pensamentos alçando voo…

Vide bula dessa lindeza.

.

.

 

Hora de bater o martelo e fechar conversê, por hoje!

Mas, antes de fechar o zíper é preciso contar que rola em bocas de matildes críticas e mais críticas ao descaso, destrato e seja lá o que for, em que se encontra a “cidade sorriso”… Hoje sorriso amarelo e triste, eu diria!

Até a próxima!!!

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: