Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Líder atinge número inédito de vitórias nos pontos corridos e se aproxima de novo recorde

sex, 18 de outubro de 2019 05:59

Da Redação

Joia rubro-negra de apenas 17 anos fez a diferença na vitória em Fortaleza

O Flamengo está impossível neste Campeonato Brasileiro. Mesmo recheada de desfalques, a equipe carioca conseguiu uma grande vitória diante do Fortaleza, de virada, na Arena Castelão, por 2 a 1. O resultado deixou o time rubro-negro isolado na liderança com oito pontos de frente para o vice-líder Palmeiras.

Joia do Fla decidiu o jogo em Fortaleza ** Divulgação

Joia do Fla decidiu o jogo em Fortaleza
** Divulgação

 

A vitória representou um marco na história dos pontos corridos, uma vez que nenhuma equipe na história deste formato atingiu o número de 19 vitórias em apenas 26 rodadas. O máximo do período havia sido o Cruzeiro, na campanha de 2014, que chegou aos 17 triunfos.

Aliás, o rubro-negro está muito perto de quebrar uma própria marca em edições da Série A. O time carioca tem 21 vitórias como recorde de triunfos em uma competição. O número foi somado em 2018, campanha do vice-campeonato brasileiro. Faltando 12 rodadas para o fim, o Flamengo precisa de apenas mais duas vitórias para quebrar o próprio recorde.

Em 2009, ano do último título brasileiro, o Flamengo fez, em 38 rodadas, o mesmo número de vitórias deste ano: 19. Aliás, a equipe ficou com o troféu daquele ano com apenas 67 pontos, seis a menos do número alcançado ainda com 36 pontos em disputa até o final.

BRILHOU O GAROTO

O Flamengo brigou, Jorge Jesus insistiu e Reinier retribuiu com o gol da vitória que manteve a larga vantagem de oito pontos no topo da tabela do Brasileirão. A cabeçada do jovem de 17 anos no ângulo direito de Felipe Alves, aos 43 minutos do segundo tempo, foi tão decisiva quanto emblemática na vitória por 2 a 1 sobre o Fortaleza na noite de quarta-feira, no Castelão. Soou aos ouvidos rubro-negros como um “valeu a pena” por todo cabo de guerra de semanas com a CBF.

Desde a convocação para o Mundial Sub-17, em 20 de setembro, CBF e Flamengo divergiram, fizeram acordo, voltaram a não falar a mesma língua, até que o STJD precisou entrar em ação para garantir a escalação da joia rubro-negra.

Alegando necessidade por conta da lesão de Arrascaeta e das suspensões de Bruno Henrique e Éverton Ribeiro, o Flamengo enviou ofício solicitando a liberação do meia-atacante até o dia 21 (próxima segunda-feira). A entidade sequer respondeu e convocou o gremista Pedro Lucas para o lugar do rubro-negro.

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: