Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Sindicomércio Uberlândia investe em pesquisas para mapear mercado

qui, 6 de novembro de 2014 00:02
abertura de prosa com a ares
Representando cerca de 12 mil associados e filiados, o
Sindicomércio encerra o ano com novidades

Por Priscilla Rocha

O Sindicomércio Uberlândia está com uma nova gestão. Nesse ano, a entidade completou 71 anos e conversou com o jornal Gazeta do Triângulo sobre 2014 e o cenário do mercado atualmente. A entrevista com o presidente do Sindicomércio Uberlândia, Osvaldo Ramiro Gomes (foto), você confere abaixo.
SIND

Ares – A entidade completou 71 anos. Conte-nos um pouco sobre o papel do Sindicato e as lutas dessas sete décadas de atuação.
Osvaldo Ramiro Gomes – O Sindicato do Comércio de Uberlândia durante esses 71 anos de existência atuou e lutou pelos interesses da classe patronal, representando a categoria junto aos poderes executivo, legislativo e judiciário, em nível institucional, jurídico, econômico e entidades legalmente constituídas. Uma das principais ações da entidade é a negociação coletiva,  que atua em defesa dos empresários perante entidades laborais. A entidade representa hoje cerca de 12 mil associados e filiados no município de Uberlândia, abrangendo mais de 60% do poder econômico da região, atuando como representante efetivo do comércio varejista e atacadista de bens e serviços.

Ares – Quais benefícios e serviços o Sindicomércio Uberlândia oferece a seus filiados e associados?
Osvaldo – O Sindicato do Comércio de Uberlândia oferece vários benefícios aos seus associados e filiados, dentre os quais se destacam: consultoria jurídica, descontos em instituições educacionais, convênios com preço diferenciados na área da saúde e bem como capacitação e treinamento profissional.

Ares – A entidade passou a fazer pesquisas de mercado. Como surgiu a ideia? Já existe uma programação para o próximo ano?
Osvaldo – O Sindicomércio Uberlândia por meio de um estudo empírico observou que as empresas cada vez mais procuram investir e inovar em seu crescimento, abusando de novas ideias e métodos para alavancar e melhorar em seus negócios. Diante disso, a entidade instituiu ações de pesquisa para captar os reais anseios dos empresários, objetivando traçar metas e ações a partir das informações captadas, contribuindo, assim, para a percepção da economia local. No ano de 2014, o Sindicomércio Uberlândia realizou pesquisas para avaliar expectativas de vendas com relação ao Dia das Crianças e Natal juntamente à uma pesquisa para avaliar o nível de representação da entidade perante à classe. Para o ano de 2015, a entidade tem todo um planejamento traçado para realizar pesquisa nas datas mais significativas para o comércio, e bem como pesquisas de satisfação de seus associados e filiados.

Ares – Como o Sindicomércio vê o mercado atualmente? Há uma perspectiva para o próximo ano?
Osvaldo – O mercado atualmente está estável sem grande prospecção de aumento ou queda. Tratando-se de crescimento, o ano de 2014 foi um ano diferenciado, já que tivemos a Copa do Mundo no Brasil e em seguida as eleições presidenciais. Esperamos em 2015 um cenário propicio ao crescimento e desenvolvimento da economia local.

Ares – A última pesquisa divulgada foi a respeito do Natal.Como está o comércio em relação à data?
Osvaldo – O comércio de Uberlândia está otimista quanto às vendas de Natal. De acordo com a pesquisa, 72% dos entrevistados acreditam que as vendas serão boas e ótimas durante os próximos meses. Essa é a melhor data para o comércio. O ticket médio de compra será de até R$200,00, conforme aponta a pesquisa e o cartão de crédito deve ser a forma de pagamento mais usada nesse período.

Ares – Também nesse ano, vocês iniciaram as obras para a nova sede da entidade. Como será a estrutura?
Osvaldo – As obras iniciaram em outubro desse ano e vão levar aproximadamente quatro anos para serem finalizadas. O projeto possui 600 m2 e a estrutura contará com todas dependências necessária para  o  bom funcionamento do sindicato e mais duas salas amplas para eventos, palestras ou treinamentos. A construção está estimada entre R$ 1.200.000 a R$ 1.600.000. O novo endereço da entidade será na Rua Atilio Valentini, 30, no bairro Santa Mônica.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: