Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

O presidente do clube dos chatos

qui, 11 de setembro de 2014 00:06

ABERTURA DEBAIXO DO PE DE LIMAO
Alzira Riquieri

A amiga chega e se queixa da solidão. É muito ruim ser sozinha. Conversa vai e vem, relata a separação. Sim, ela foi casada, tem duas filhas adultas e veio pra Uberlândia, buscando uma vida nova. Mora sozinha, mas queria um homem para chamar de seu. Mas, e porque a separação?

“Separei, porque meu marido é o presidente do clube dos chatos, tem carteirinha e tudo. Nada pra ele estava bom. Em tudo, nós éramos erradas. A televisão era só para os programas dele, ninguém podia nem respirar, falar então… Ensinei as meninas a ficar no quarto, pra ele não se irritar. Aí, pelo abandono das filhas, mandava chamá-las. Minutos depois, já tava falando que elas atrapalhavam. Reclamava da comida, da limpeza, da gola da camisa, do barulho da máquina, dos vizinhos, da poeira, da chuva, do ar seco ou molhado… Em vinte anos, nunca consegui agradar.”

Convide sua amiga, casada com um chato, pra tomarem (todos juntos), uma cerveja. Não duvido que o marido chato responda que só mulher fácil senta em bar pra tomar cerveja. Já ouvi isso!

O chato é assim, reclama e sempre tem razão em tudo. Se você perguntar algo, ele contrapõe com uma pergunta, que será uma ironia ou uma ofensa. Lance a pergunta: você vai passar em tal lugar? A resposta nunca será o singelo “sim ou não”, mas sempre “porque, seu carro está sem gasolina?” Ou, “não tem dinheiro pro ônibus?” Ou seja, ele sempre tem uma pergunta malcriada, pra mostrar que a carteirinha do clube dos chatos é merecida.

O chato entra em todas as conversas e invariavelmente é desmancha rodinhas. Fama de chato corre longe. Aliás, como todo mundo sabe que é chato, antes que chegue, a turma já foi. O chato não tem amigos, tem comprometidos por missão divina. Se a pessoa atura o chato, pode ter certeza que é pelos “sagrados laços do casamento”, pra criar filhos, ou porque o chato é o chefe, ou porque ainda tem esperança de consertar o chato. Amor pelo chato, só em raros casos, e olha, tem de ser, no mínimo, amor de mãe.

Quer descobrir se o seu marido é chato mesmo? Abra um negócio com ele. Vai descobrir que seu trabalho não vale nada. Um troco errado, uma informação a menos, uma conta sem pagar, lá se foi a tal “Lei da Urbanidade” pro saco. O marido chato vai falar até babar, pois lá na empresa, ele é quem manda e você não é de nada. Nem sabe atender um telefone ou dar um troco.

Não se convenceu? Arrisque gastar o dinheiro da firma de vocês, com um presente de aniversário pra ele, que seja uma camisa. Pronto! O chato vai falar que você pegou do caixa da firma e que aquilo não é presente, pois é ele quem vai pagar. E olha, que você trabalha lá, de sol a sol, e… sem salário.

Li um desabafo de uma mulher recém-separada de marido chato. Ela falava que o plano dele era sem dúvida, transformá-la em uma assassina. A chatura era tanta, mas tanta, que antes que isso acontecesse, ela se separou. Depois de uma depressão, não é que o chato ex-dela tinha até aprendido a cozinhar, a arrumar e cuidar das próprias roupas. Segundo ela, era mais um plano para matá-la de raiva, pois no casamento, nem esquentava a comida no micro-ondas. Ou seja, até sendo eficiente, o chato é chato.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: