Terça-feira, 25 de Junho de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Mostra apresenta atividades voltadas para dança

qui, 5 de junho de 2014 04:39
Programa Rumos Dança chega a Uberlândia para promover a arte
A iniciativa de trazer o projeto para Uberlândia surgiu no curso de Dança da UFU. Foto: Divulgação

A iniciativa de trazer o projeto para Uberlândia surgiu no curso de Dança da UFU. Foto: Divulgação

DA REDAÇÃO – O crescente cenário artístico de Uberlândia ficará ainda mais movimentado entre quinta-feira (5) e domingo (8) durante a Mostra “Rumos Dança”. O evento acontece pela primeira vez na cidade e contará com apresentações de dança, mesas de debates e oficinas. As apresentações e demais atividades acontecerão, simultaneamente, no Teatro Municipal e na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e demais parceiros e co-realização do Instituto Itaú Cultural e da UFU, por intermédio do curso de Dança.

O Programa Rumos Dança foi criado em 1997 pelo Instituto Itaú Cultural com o intuito de valorizar e propagar a diversidade brasileira, estimular a criatividade e a reflexão sobre a cultura e premiar artistas e pesquisadores. A Mostra é aberta para artistas de todo o território nacional. Desde seus primeiros anos, o programa promoveu ações artísticas e culturais que alcançaram mais de 5,1 milhões de pessoas; selecionou 1.130 artistas, pesquisadores e produtores e construiu relações culturais independentes da área de expressão.

Em 2013, o Rumos Dança passou por algumas mudanças que resultaram em uma estrutura adaptável, independente da área de expressão ou do campo de reflexão. Na última edição, 549 inscrições provenientes de todo o país foram feitas, das quais 452 foram habilitadas para seleção e 31 projetos foram contemplados.  A iniciativa de trazer o projeto para Uberlândia surgiu no curso de Dança da UFU. As atividades vão de encontro ao projeto pedagógico do curso, promovendo maior integração entre as disciplinas. Em casos semelhantes, o Itaú Cultural costuma apoiar a participação de dois artistas. No caso de Uberlândia, foram permitidas as participações de quatro bailarinos.

A Mostra será um espaço para a difusão das produções realizadas no Brasil, além de fortalecer o trabalho de formação profissional do curso de Dança da UFU e das ações do Poder Público municipal, dos artistas e grupos locais e dos envolvidos na qualificação artística. A coordenação do evento e direção de produção está a cargo de Alexandre Molina e Cláudia Müller, professores da UFU.

“A Mostra servirá como espaço de exibição da arte, além de oferecer diversão e lazer de qualidade para a população local e regional”, afirmou o secretário de Cultura, Gilberto Neves.

Programação

Palestra “Gestão cultural no fomento à pesquisa e criação artística”
Palestrante: Sônia Sobral – Gerente de Artes Cênicas do Instituto Itaú Cultural
Data: Quinta-feira (5) – 20h
Local: Auditório do Museu Universitário de Arte – Rua Coronel Manoel Alves, 309, bairro Fundinho

Oficina “Propriedades do sistema ósseo e metodologias para desenvolver uma vivência – Aula de corpo e dança a partir do sistema Body-Mind Centering (BMC)”
Responsável: Marila Velloso (PR) – Professora do curso de Dança da Faculdade de Artes do Paraná
Data: Sexta-feira (6) a domingo (8) – Das 9h às 12h
Local: Sala de Iluminação do curso de Dança – UFU Campus Santa Mônica – Bloco 5U

Mesa redonda “Trajetória artística e profissionalização: experiências de formação em dança”
Participantes:
- Alejando Ahmed – Coreógrafo residente, diretor artístico e bailarino do Grupo Cena 11 Cia. de Dança
- Clarissa Sacchelli – Mestre em Artes pelo Laban (Londres) e pós-graduada em Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC – SP)
- Cláudia Müller – Artista com projetos desenvolvidos em dança, performance, vídeo e instalação
- Leonardo França – Artista que cruza diferentes atuações como coreógrafo, performer e vídeo-artista interessado em produzir outras dramaturgias do corpo e olhares coreográficos no cotidiano
- Marila Velloso – Professora do curso de Dança da Faculdade de Artes do Paraná
Data: Sexta-feira (6) – Das 14h às 17h
Local: UFU – Campus Santa Mônica – Sala Camargo Guarnieri, Bloco 3M

Espetáculo “Este lado para cima – Isso não é um espetáculo”
Uma abordagem sobreprocessos de criação, novas metodologias e treinamentos e inovadoras estratégias de comunicação
Performances: Clarissa Sacchelli e Cláudia Müller
Data: Sexta-feira (6) – 20h
Local: Teatro Municipal de Uberlândia – Avenida Rondon Pacheco, 7.070, bairro Tibery

 Espetáculo “Sobre expectativas e promessas”
Sobre expectativas e promessas se propõe como um discurso organizado por músculos e ossos, instaurado pelo movimento. Uma névoa objeto, que evoca na sua aparência um nome próprio com identidade fantasma. Identidade como emergência, um surgimento de respostas a situações propostas pela relação no tempo entre ambiente, corpo, e movimento.
Performance: Alejandro Ahmed
Data: Sábado (7) – 20h
Local: Teatro Municipal de Uberlândia – Avenida Rondon Pacheco, 7.070, bairro Tibery

Espetáculo “Ouriço”
O artista convida para pensar em um ouriço do mar e tudo aquilo que o arrepia e instiga a dançar. Mostra o ouriço como um corpo espinhoso e delicado, porém com buracos e vetores em várias direções. Enquanto dança, o artista se inspira no ouriço e promove interseções distintas que questionam as possibilidades que atravessam as tensões.
Performance: Leonardo França (BA)
Data: Domingo (8) – 20h
Local: Teatro Municipal de Uberlândia – Avenida Rondon Pacheco, 7.070, bairro Tibery

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: