Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Empreendedorismo feminino

qui, 19 de junho de 2014 00:00
abertura de prosa com a aresEscola de Princesas é destaque em inovação no setor educacional

Por Marília Coelho

Formada em letras pela Universidade Federal de Uberlândia, com especialização em Psicopedagogia, Nathalia de Mesquita está à frente da Escola de Princesas junto ao seu marido, Cleber Belato. Empresária e diretora pedagógica da escola, Nathalia trabalha com crianças e adolescentes desde seus 16 anos, no ensino de língua inglesa, literatura e outros. Em 2013, a empresária de 37 anos teve um sonho e a Escola de Princesas virou realidade, trabalhando os valores éticos e morais com meninas de 4 a 15 anos, além de resgatar princípios e colaborar com a formação de um caráter íntegro.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

De onde surgiu a ideia de criar a Escola de Princesas?
A Escola de Princesas nasceu literalmente de um sonho. Eu trabalho na área de educação há mais de 18 anos e sempre trabalhei com crianças. A partir daí, veio a ideia de lançar um curso totalmente diferente, inovador, no qual as meninas pudessem aprender coisas para levarem para a sua vida inteira. Contei meu sonho para o Cleber, meu marido, e ele me apoio desde o início! Ficamos seis meses organizando tudo e estudando a possibilidade de fazer esse sonho virar um negócio. No decorrer desse tempo, tivemos uma resposta positiva de amigos e das famílias das meninas, e então a Escola de Princesas virou realidade e tem superado todas as nossas expectativas.

Como você disse, ela começou com um sonho. É possível dizer que ele já está realizado?
Eu não digo que ele já foi totalmente realizado. O que posso falar é que estou vivendo intensamente esse meu sonho e que, a cada dia, ele supera muito todas as minhas expectativas. A cada dia surgem novidades e planos que me surpreendem. É algo imensurável!

Você esperava esse sucesso em tão pouco tempo? O que você destaca nesse período?
Sinceramente, não. Acreditamos que o fato desse projeto ser algo inédito e inovador, nascido literalmente de um sonho, e com um excelente nível de conteúdo, foram os principais fatores que contribuíram para o sucesso. O que eu posso destacar é o crescimento acelerado da Escola de Princesas e também a repercussão nacional e internacional que a nossa escola teve.

Você já se considera uma empreendedora de sucesso?
Sim. O que mais tem me marcado é saber que, literalmente, um sonho pode se tornar uma grande realidade. Outras duas coisas foram muito importantes para mim nesse aspecto. Uma é o fato de ter sido reconhecida e homenageada por um grande prêmio internacional, que foi o “Mulheres que fazem história 2013”, do Conselho da Mulher Empresária – CME / categoria inovação. A outra, é ter despertado a atenção de várias pessoas no Brasil e no exterior, em destaque a grande empresária Marlene Mattos.

O que você destaca nesse momento da escola?
Nesse período de férias, a escola está realizando a Copa das Princesas, uma colônia de férias que dialoga com a Copa do Mundo. A programação é baseada no curso de três meses da escola, o “Vida da Princesa”, que trabalha o resgate de valores e princípios morais e sociais. E, pensando no momento que o país vive e a paixão nacional pelo futebol, todas as atividades da colônia de férias vão ser voltadas para a Copa. A programação vai tratar de moda, como customização de camisetas e oficina de artes, culinária, dinâmicas psicopedagógicas e muito mais!

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: