Domingo, 21 de Abril de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Como o brasileiro vota?

qui, 4 de setembro de 2014 00:00

ABERTURA DEBAIXO DO PE DE LIMAO
Priscila Diniz

Em plena época de eleições presidenciais, a curiosidade foi descobrir como o brasileiro vota. Fui até o centro da cidade e lá conversei com inúmeros uberlandenses, perguntando aqueles que iam e vinham nas calçadas da Avenida Afonso Pena e nas paradas de ônibus da praça Tubal Vilela.

Um grupo de senhores jogando dama nas mesinhas da praça me chamou atenção. Eles discutiam seriamente sobre os três candidatos em evidência : Dilma, Aécio e Marina. Um acredita que a Dilma  não foi ruim como a maioria dos jovens daqui dizem. Para ele, em meio à uma crise mundial, a presidenta conseguiu manter a economia e que se fosse outro, deixaria pior. O outro defende a Marina Silva, porque, segundo ele, acredita que só dela vem a possibilidade de mudança, tirando PT e PSDB do reinado de 16 anos. O terceiro, pensa que Aécio Neves é o candidato mais bem preparado para assumir a liderança desse nosso Brasil, pela sua carreira e base política.

Com esses três senhores pude perceber que neles se resumem quase todas as opiniões que ouvi hoje. A maioria se divide nos três candidatos, com exceção de alguns que visam as propostas da candidata Luciana Genro. A questão é, como são construídas essas opiniões? Em que se baseiam estes brasileirinhos e formam seus pontos de vista sobre cada candidato?

Ao refletir é possível analisar de um ponto de vista mais humano e menos crítico. Hoje o brasileiro vota com base nas experiências de vida que lhe fazem achar a proposta de um candidato mais convincente que a de outro. Muitos votam porque se identificam com o estilo de um candidato. Outros votam porque se lembram quando era jovens e tal candidato era senador ou governador e fez algo bom para o povo da sua região. Tem gente que vota porque não quer mais ver uma reeleição, e acaba fazendo um jogo eliminatório entre as propostas dos candidatos restantes. Com um voto mais consciente, existem aqueles que escolhem seu candidato analisando todo o programa dos candidatos e promovendo debates entre os familiares e vizinhos. A verdade é que o brasileiro sempre vai votar baseado nas suas experiências de vida que conjugam o seu ser e estar como cidadão em convívio com a nação. Resta então, termos um pouco mais de análise crítica de cada candidato e não apenas votar porque “foi com a cara” de fulano ou de ciclano. E tem outra, nós, brasileiros é que fazemos o nosso país, não basta jogar tudo nas mãos do seu candidado e não lutar por seus direitos cumprindo os deveres. Digo isso porque ainda acredito numa democracia com ordem, progresso, e claro, respeito.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: