Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Admirar a lua: coisa para apaixonados

qui, 17 de abril de 2014 00:00

Abertura Pensando Bem
Uma luz fraca, um papel e uma caneta. Tudo escuro e eu sozinha, lá fora no quintal, só observando a lua. É de graça, mas foi um momento mágico. Antes que você se pergunte, respondo: sim eu estava apaixonada por um “carinha”… Admirar a lua, viajar na sua beleza, filosofar sob sua bela luz, isso é coisa típica de quem ESTÁ apaixonado, não é mesmo? Acho que não, tem algo mais aí.

Os dias se passaram, a paixão foi embora e eu esqueci da lua. Ela ficou lá sozinha, mas continuou linda. Perdi o interesse, mergulhei no trabalho e em tecnologias, me apeguei às telas coloridas da vida e nada mais me importava. Quando chegava em casa a noite, passava reto e direto, nem olhava para cima.

Certa noite, sem querer voltei os olhos para ela, algo diferente aconteceu dentro de mim, e eu entendi que estava faltando paixão na minha vida, que eu precisava me apaixonar pelas coisas que realmente valem a pena, e que para isto, bastava prestar atenção nos detalhes, pois as maravilhas que meus olhos podem contemplar, anunciam uma força maior que não posso ver, mas posso sentir.

Então me apaixonei de novo, mas não foi por um alguém, foi por o Alguém, o arquiteto do universo, o engenheiro da lua, o poeta da criação. Vi que é impossível olhar para a lua e não se apaixonar, não filosofar sobre a existência de um Criador e agradecer por poder usufruir de um bocado de bons momentos ali, num cenário incrível,
distante e perto, perfeito, mas real. Eu realmente estava enganada quando admirei a lua por estar apaixonada, e percebi que para admirá-la, não é preciso ESTAR, é necessário SER.
rodape nayara 17042014

1 Comentário

  1. Marcia Belchior disse:

    ELE fez tudo por paixão.

Deixe seu comentário: