Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Direito e Justiça

qui, 18 de maio de 2017 05:27

Abertura-direito-e-justica

Pinga-fogo:

 

  • Legislativo: a Casa das Leis sabe, de fato e bem, quais são as suas prerrogativas institucionais? Em caso positivo, por que não as exerce em plenitude?  PARECE-ME QUE NÃO!!!

 

  • Legislativo: todavia, por que não o fazem com menos ou nenhum estardalhaço e exibicionismo? Do jeito que a coisa vai por aqui não demora e terão que abrir as suas próprias emissoras de rádio. Dão entrevistas pueris e com sofreguidão. Sem se falar nos “donos de programas”. CHEGA A SER RIDÍCULO!!!

 

  • Legislativo: por sua vez, e os Vereadores propriamente ditos? Eles sabem, de fato e bem, quais são os seus direitos e deveres mais básicos? NÃO SABEM! ESSA É A VERDADE NUA E CRUA!!!

 

  • Legislativo: Vereadores bandeiam-se alegremente e sem nenhuma preocupação com a fidelidade partidária e com as falas que deixaram gravadas. Os seus eleitores que se danem. Acham-se os “donos dos mandatos” ISTO É UMA VERGONHA!!! (Haja Boris Casoy …)

 

  • Legislativo: como manter ou aumentar uma base parlamentar? É muito fácil. Basta o Executivo distribuir cargos e benesses aos preclaros parlamentares. Terá então ao seu lado, se não todos, ao menos a maioria esmagadora deles, e a oposição será meramente simbólica. VENDILHÕES!!!

 

  • Prefeito: ônibus totalmente de graça para a população não vai dar mesmo. É inviável e irreal. Não passou de mais uma promessa eleitoral (ou eleitoreira), demagogia. Paciência! Não há outro jeito, não é mesmo? Portanto, reconsidere: seja apenas leal, realista e sincero. AFINAL, ENGOLIU QUEM QUIS!!!

 

  • Prefeito: antecipe-se a essa estúpida fogueira das vaidades, a essa irresponsável “falta de desconfiômetro”. Atropele com vontade essa turbulenta corja de pré-candidatos a Deputado (Federal e Estadual). Assuma uma liderança correta do processo político local. SE SOUBER, SE PUDER! SE QUISER!!!
  • Prefeito: não era esse o momento adequado; não era mesmo. Ou seja, grandes percentuais de aumento para alguns que não precisam e migalhas para os muitos que precisam. Politicamente falando, foi um tiro nos pés (em ambos). AFFF!!!

 

  • Prefeito: daqui para frente, busque alternativas compensatórias às promessas eleitorais sem pé e nem cabeça que você, porventura, fez… Todo mundo faz, não é mesmo? O povão gosta disso. Sim, ele gosta. Por exemplo, eleja (ao menos analise) como prioridades em médio e longo prazo, inclusive por meio de parcerias público-privadas, AS SEGUINTES INTENÇÕES:

 

a)    a construção de um terminal central de ônibus urbanos;

 

b)   a construção de um novo, adequado e bem localizado terminal rodoviário;

 

c)     a construção de um novo e decente mercado municipal;

 

d)   a construção de um centro municipal de convenções;

 

e)    a construção de um amplo e suficiente estádio municipal;

 

f)      a implementação imediata de um calendário municipal relevante e confiável de festas e eventos, incluindo nele a realização anual da Feira Nacional do Tomate – FENAMATE;

 

g)     o patrocínio de um shopping center real e factível, capaz de sair do papel e do projeto, pois de engodos já estamos cheios … desde 2006 …;

 

h)   a construção de uma prometida e inadiável arena multiuso;

 

i)       O patrocínio de cinemas e de teatro, mas decentes e modernos;

 

j)      a implementação imediata de calçadões na cidade;

 

k)    a readequação dos nomes das ruas e sua respectiva numeração na cidade;

 

l)       a revitalização de todas as praças públicas;

 

m)a readequação e a codificação de toda a legislação municipal vigente;

 

n)   o planejamento e a implantação de um novo e moderno aeroporto complementar ao de Uberlândia;

 

  • o)   o planejamento da oportuna utilização social ou para fins administrativos do terreno a ser liberado no atual aeroporto, mas sem permitir invasões;

p)   a criação imediata de um Distrito Industrial II;

 

q)   a captação de água em mananciais situados na superfície, em grande quantidade e capazes de atrair e de manter indústrias médias e grandes;

 

r)     a revitalização completa das entradas /saídas de Araguari;

 

s)     promover a reinstalação de uma CEASA em Araguari;

 

t)     priorizar os cargos de carreira e efetivos, eliminando e diminuindo ao máximo os chamados cargos de confiança ou de livre nomeação;

 

u)   fiscalizar pessoalmente e in loco obras e serviços;

 

v)    diminuir e concentrar as Secretarias Municipais afins, otimizando as suas respectivos competências e atuações no âmbito municipal;

 

w) realizar diretamente e sem cessões ou empreitadas os serviços básicos e essenciais, próprios de todo e qualquer governo: saúde, educação e segurança;

 

x)    criar a Guarda Municipal e a Guarda Mirim;

 

y)    criar e implantar uma corregedoria administrativa independente;

 

z)     passar a privilegiar o mérito pessoal e o conhecimento técnico acima de toda e qualquer indicação ou pressão política;

 

 

 

Brasil

 

Na cidade de Joinville, houve um concurso de redação na rede municipal de ensino e o título recomendado pela professora foi: ‘Dai pão a quem tem fome’.

 

Incrível, mas o primeiro lugar foi conquistado por uma menina de apenas 14 anos de idade.

 

E ela se inspirou exatamente na letra de nosso Hino Nacional para redigir um texto, que demonstra que os brasileiros verde-amarelos precisam perceber o verdadeiro sentido de patriotismo.

 

Leiam, e se emocionem, assim como eu, com o que escreveu essa jovem.

É uma demonstração pura de amor à Pátria e uma lição a tantos brasileiros que não sabem mais o que é esse sentimento cívico.

Eis o que a garota escreveu:

 

……………………………………………………………………………………

 

“Certa noite, ao entrar em minha sala de aula, vi num mapa-múndi, o nosso Brasil chorar:

 

O que houve, meu Brasil brasileiro? — Perguntei-lhe!

 

E ele, espreguiçando-se em seu berço esplêndido, esparramado e verdejante sobre a América do Sul, respondeu, chorando, com suas lágrimas amazônicas:

 

- Estou sofrendo. Vejam o que estão fazendo comigo…

 

Antes, os meus bosques tinham mais flores e meu seio mais amores. Meu povo era heroico e os seus brados, retumbantes. O sol da liberdade era mais fúlgido e brilhava no céu a todo instante.

 

Onde anda a liberdade, onde estão os braços fortes? Eu era a Pátria amada, idolatrada. Havia paz no futuro e glórias no passado. Nenhum filho meu fugia à luta. Eu era a terra adorada e dos filhos deste solo era a mãe gentil.

 

Eu era gigante pela própria natureza, que hoje devastam e queimam, sem nenhum homem de coragem que às margens plácidas de algum riachinho, tenha a coragem de gritar mais alto para libertar-me desses novos tiranos que ousam roubar o verde-louro de minha flâmula.

 

Eu, não suportando as chorosas queixas do Brasil, fui para o jardim. Era noite e pude ver a imagem do Cruzeiro que resplandece no lábaro que o nosso país ostenta estrelado.

 

Pensei… Conseguiremos salvar esse país sem braços fortes?

Pensei mais…. Quem nos devolverá a grandeza que a Pátria nos traz?

 

Voltei à sala, mas encontrei o mapa silencioso e mudo, como uma criança dormindo em seu berço esplêndido.”

 

……………………………………………………………………………………

FONTE:      WhatsApp.

                  

Sapatos

 

Certa vez, ao entrar num trem, Gandhi perdeu um pé do sapato, que caiu perto dos trilhos.

 

O trem começava a se mover e ele não pôde pegar o sapato.

 

Para surpresa de quem estava com ele, Gandhi tirou o outro sapato e jogou perto do que havia caído.

 

Um passageiro perguntou por que ele tinha feito aquilo e Gandhi respondeu.

 

- O pobre homem que encontrar o sapato nos trilhos vai poder calçar o par.

FONTE:

 

Autor desconhecido.

Você Não Está Só – Livro II, pág. 218.

Jack Canfield; Mark Victor Hansen; Patty Hansen.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: