Sábado, 24 de Agosto de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

DIREITO E JUSTIÇA

qua, 23 de dezembro de 2015 08:40

Abertura-direito-e-justica

CURTAS E GROSSAS

  • Nem curtas, nem grossas: apenas Natal.
  • Sem nos esquecermos do aniversariante: Jesus de Nazaré.

O Pai Nosso; a oração que Jesus nos ensinou:

 

Portanto, vós orareis assim:

 

Pai nosso, que estais nos céus;

santificado seja o Teu nome.

Venha a nós o Teu Reino;

seja feita a Tua vontade, tanto na terra como no céu.

O pão nosso de cada dia, dá-nos hoje;

perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores.

E, não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.

 

Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós.

 

Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai não perdoará as vossas ofensas.

 

Mateus, 6, 9 a 15.

 

                                                           UM IRMÃO COMO O SEU

 

Meu amigo Paul ganhou um carro de seu irmão como presente de Natal. Na véspera, quando Paul saiu do escritório, um menino de rua admirava seu carro novo.

 

- Esse carro é seu, moço?  – o menino perguntou.

 

- É, meu irmão me deu de Natal – Paul respondeu.

O menino ficou assombrado.

- Puxa, eu queria …   –,  o menino se interrompeu.

Claro que Paul sabia que ele iria dizer que queria ter um irmão como o seu. Mas, o garoto continuou:

- Eu queria ser um irmão como o seu.

Foi a vez de Paul ficar assombrado. E convidou o menino para dar uma volta.

Algumas quadras depois, o menino pediu a Paul que parasse em frente à escadinha de um prédio. O menino saiu do carro, subiu correndo os degraus e logo reapareceu. Mas, voltava devagar, trazendo nos braços seu irmãozinho “aleijado”. Sentou o irmão no primeiro degrau e, abraçado a ele, apontou para o carro:

 

- Olha ali, eu não falei lá em cima? O irmão dele deu de presente de Natal e não custou nem um centavo. E um dia eu vou te dar um igualzinho … e aí você vai poder ver aquelas coisas bonitas, nas vitrines de Natal, que eu conto pra você.

Paul saiu do carro, carregou o menininho e acomodou-o no banco da frente. Com os olhos brilhando, o irmão mais velho se sentou ao lado do pequeno e os três deram um passeio memorável.

 

Naquela véspera de Natal, Paul entendeu as palavras de Jesus:

É melhor dar do que receber…

 

 

FONTE :        Você Não Está Só – Livro II.

 

Jack Canfield; Mark Victor; Hansen, Patty Hansen

 

 

                                                O Suave Milagre

 

Junto a Siquém, num sórdido casebre, vivia uma viúva, desgraçada entre todas.

 

Tinha um filho doente, que definhava aos poucos, vencido pelas febres.

 

O chão era úmido e malsão: não havia ali a mais miserável enxerga. Só alguns trapos que serviam de leito.

 

Na lâmpada de barro, velha e suja, secara o azeite.

 

O grão faltava na arca; cessara o ruído dormente do moinho doméstico. Em terras de Israel era isto a evidência cruel da mais negra miséria.

 

A pobre mãe, sentada a um canto, chorava. Mal deitada em seu colo descarnado, envolta em farrapos, pálida e tremente, a criança pedia-lhe numa voz débil, como um suspiro, que fosse chamar esse Rabi da Galileia, de quem ouvira falar junto ao poço de Jacó, que amava as crianças, dava de comer às multidões e curava todos os males humanos, com a simples carícia de suas mãos pálidas e esguias.

 

E a mãe dizia-lhe, chorando:

 

- Como queres tu, filho, que eu te deixe e vá em busca do Rabi da Galileia? Obed é rico e tem numerosos servos. Pois. Obed, com seus auxiliares, procurou Jesus por todos os recantos e aldeias, desde Corazin até o país de Moab, e não o encontrou. Lúcio, o romano, é forte, dispõe de centenas de soldados, e tudo fez para encontrar Jesus. Percorreu os campos e as estradas, desde o Hebron até o mar, e não conseguiu avistar o Rabi. Se os ricos e poderosos não descobriram Jesus, como queres tu que eu possa encontrá-lo?

 

A criança, com os olhos cansados, repetia baixinho, muito triste:

- Mamãe! Eu queria ver Jesus da Galileia!

 

E, a mãe, a chorar, torturada pela angústia, continuou:

 

- De que me servirá, meu filho, partir e ir procurá-lo? Extensas são as estradas da Síria, curta é a piedade dos homens. Vendo-me tão pobre e tão só, os cães viriam ladrar-me à porta. Decerto Jesus morreu; e com ele morreu, uma vez mais, toda a esperança dos tristes.

 

Pálida e desfalecendo, a criança implorou ainda:

 

- Mamãe! Eu queria ver Jesus da Galileia!

 

Abrindo devagar a porta e, sorrindo cheio de amor, Jesus disse à criança:

 

- Aqui estou, meu filho. Aqui estou … !!!

 

FONTE:        Lendas do Céu e da Terra

                                               Malba Tahan. De Eça de Queiroz.

.

DJ:

 

  • Feliz Natal a todos!!!

 

  • Parabéns, Senhor Jesus. E, obrigado por tudo… !!!

 

  • Obrigado, especialmente, por sua doutrina de amor irrestrito, de perdão incondicional e de caridade universal  … !!!

 

 

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: