Sexta-feira, 19 de Abril de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Direito e Justiça

qui, 3 de janeiro de 2019 05:46

Abertura-direito-e-justica
Enquanto…:

 

  • Busque agir para o bem, enquanto você dispõe de tempo. É perigoso guardar uma cabeça cheia de sonhos, com as mãos desocupadas.

 

  • Acenda uma Lâmpada, enquanto há claridade em torno de seus passos. Viajor algum fugirá às surpresas da noite.

 

  • Ajude o próximo, enquanto as possibilidades permanecem a seu lado. Chegará o momento em que você não prescindirá do auxílio dele.

 

  • Utilize o corpo físico para recolher as bênçãos da Vida mais alta, enquanto suas peças se ajustam harmoniosamente. O vaso que reteve essências sublimes ainda espalha perfume, depois de abandonado.

 

  • Dê suas lições serenamente, na escola da vida, enquanto o livro das provas repousa em suas mãos. Aprender é uma bênção e há milhares de irmãos, não longe de você, aguardando uma bolsa de estudos na reencarnação.

 

  • Acerte suas contas com o vizinho, enquanto a hora é favorável. Amanhã, todos os quadros podem surgir transformados.

 

  • Ninguém deve ser o profeta da morte nem imitar a coruja agourenta. Mas, enquanto você guardar oportunidade de amealhar recursos superiores para a vida espiritual, aumente os seus valores próprios e organize tesouros da alma, convicto de que sua viagem para outro gênero de existência é inevitável.

 

 

FONTE:          Agenda Cristã: Chico Xavier = Pelo Espírito André                                                 Luiz = Pág. 39/40 = Editora FEB.

 

Frases:

 

  • Eu prefiro ter paz a ter razão… E você?

 

  • Motorista bom é o motorista que chega… Não é?

 

  • Celular é como dinheiro; é bom, mas é preciso mandar nele… Ou não?

 

  • Pesquisas de opinião são como torturar os números, para que eles confessem apenas o que nós queremos saber, e, se eu estiver em primeiro lugar, eu concordo com elas, se não… não… Não é assim?

 

  • Agradeça a Deus pelo ano que passou e peça a Ele que o conserve vivo e em pé. Sem isso, outras coisas de nada lhe servirão… Com certeza!

 

 

 

Pontos positivos de Araguari:

(Reiterando e relembrando = DJ de 20.2.2014)

Para que não se diga que apenas vislumbro pontos negativos em Araguari, eis nove pontos que considero extremamente positivos e que, se bem explorados pelos nossos agentes políticos, empresários, comerciantes e agricultores, enfim, por todos os setores engajados com o nosso bem-comum, poderiam alterar diametralmente os nossos rumos, e para melhor.

Ei-los aqui:

 

1.        Posição geográfica privilegiada, situando-se no Brasil Central, estando o Município provido de fartura em meios de comunicação e de ligação aos maiores centros urbanos do País.

 

2.        Clima invejável (ainda).

 

3.        Problemas pontuais e que ainda comportam solução pelos seus próprios recursos, enfim, os normais de uma cidade de médio porte.

 

 4.        População ordeira e pacífica (mudando), cooperadora e até crédula (bastante), que ainda espera a comprovação das prometidas mudanças no modo de ser, de gerir e de conduzir a coisa pública.

 

5.        Contingente eleitoral estagnado (e até descendente), mas ainda representativo e capaz de decidir e de influenciar a política regional, estando apto a eleger um Deputado Estadual (e nada mais), desde que haja concentração de candidatos e de sufrágios.

 

6.        Possibilidade real de receber e de acomodar indústrias de micro, pequeno e médio porte, não poluentes e especialmente ligadas ao setor agrícola para o qual o Município é vocacionado.

 

7.           Solo fértil e produtivo (ainda) e dotado de apreciáveis mananciais subterrâneos de água (esgotando-se possivelmente) que, se preservados devidamente, assegurarão o futuro da nossa agricultura (controlando-se a irrigação desenfreada e diversificando-se o plantio).

 

 8.             Residência de inúmeros araguarinos em grandes centros urbanos do Brasil, incluindo-se Brasília, Goiânia, Belo Horizonte e São Paulo, ocupando cargos de importância e que poderiam, na medida das suas possibilidades pessoais, divulgar, representar e auxiliar o Município. Aliás, não seria má ideia realizar anualmente a festa (ou encontro) dos araguarinos ausentes, consoante ocorre em tantos outros Municípios, com sucesso e proveito.

 

9.        Possibilidade de superar e de reverter os males atávicos, trazidos pela proximidade umbilical e absorvente da vizinha e por vezes madrasta Uberlândia, compatibilizando-se o crescimento de ambas as comunidades, que poderiam conduzir-se como cidades-irmãs, cujos futuros estão ligados, queiramos ou não.

 

                                    O POVO É IGUAL AO POVO

(Lenda Oriental)

 

Um dia um viajante, ao passar por uma campina, encontrou um Derviche, acomodado à sombra de uma árvore, perto de uma vertente d’água. Chegando-se a ele, começou a dialogar, enquanto os seus animais descansavam, por momentos da fatigante jornada. Após, perguntou:

- Poderá, o bom homem, dar-me algum esclarecimento sobre os habitantes daquela cidade florescente, que em nossa frente se estende? Qual é a sua índole e qual o grau da sua moralidade?

Respondeu o Derviche:

Que impressão conservais do povo de onde vos retirastes?

Disse o viajante:

- É gente má e presunçosa. Sua maldade é maior que a sua utilidade.

Retorquiu o Derviche:

- Também os habitantes desta cidade são iguais a esse povo de onde viestes.

Despediu-se o viajante, seguindo o caminho.

Ao fim da tarde, outro viajante apareceu, conduzindo o seu cavalo. Chegou onde estava o Derviche, sentado, absorto nas suas meditações.

Dirigindo-se a ele, cumprimentou-o e lhe disse:

- Poderei, ó bom homem, informar-me algo sobre o caráter dos habitantes daquela cidade que, à nossa frente, mostra os seus lindos edifícios e monumentos? Que espécie de povo é aquele?

Refletiu um momento o ancião e depois respondeu:

- Que consideração tendes vós pelo povo do qual vos ausentastes, e qual é o seu caráter?

Disse o viajante:

-         É gente bondosa, heróica e resoluta, sensata e inofensiva.

 

Retorquiu o sábio Derviche:

- Também os habitantes desta cidade possuem o mesmo caráter e predicados.

 

O povo é igual ao povo. E é como cada um o considera.

 

FONTE:         Malba Tahan = Lendas do Céu e da Terra.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: