Terça-feira, 25 de Junho de 2019
онлайн займ взять займ онлайн онлайн займы на карту микрозаймы на карту займ на карту срочно микрокредиты онлайн

Radar Uberlândia – Registro

qui, 3 de abril de 2014 00:00

Abertura Radar
charge 28032014
REGISTRO
marcio nobre 03042014O presidente do Legislativo, vereador Marcio Nobre (PSDC), depois de participar da solenidade de encerramento da 3ª Feira do Agronegócio do Estado de Minas Gerais, no último dia 28, destacou a importância da assinatura de contratos para aquisição de equipamentos pelo Programa Mais Alimentos. Para ele, este projeto dignifica a agricultura familiar, fortalece a economia e o desenvolvimento, não somente da região, mas de todo Brasil, atraindo investimentos, oferecendo oportunidades e promovendo transformações na vida das pessoas.

NO BATENTE!
Conforme havíamos informado na edição anterior, o diretor da Fundação Uberlandense de Turismo Esporte e Lazer (Futel), Zezinho Mendonça (PROS), deixou o cargo e assumiu seu mandato de vereador na Câmara Municipal essa semana. Zezinho é pretenso candidato a deputado estadual.

MEXENDO O DOCE
Quem chega para assumir a direção geral da Futel é Deyviane Lopes Pereira de Souza, que teve seu nome publicado nesta terça-feira, 01, no Diário oficial do Município. Deyviane ocupava a função de Assessora Especial do então diretor Zezinho frente a Futel. E, em outra mudança já esperada, a assistente social e servidora efetiva da Prefeitura de Uberlândia, Denise Portes é a nova Secretária Municipal de Desenvolvimento Social e Trabalho, antes ocupada por Murilo Ferreira, que deixou a função visando as eleições para deputado estadual.

ESFARELOU
Bem que os vereadores Norberto Nunes e David Thomaz tentaram através de um projeto reduzir de vereadores de 27 para 21, passando a valer para 2017, mas assunto morreu ainda nos bastidores. Assim também ocorreu na vizinha Araguari, onde a vereadora Eunice Mendes (PMDB), apresentou a proposta de redução de 17 para 13 vereadores para a próxima legislatura, mas acabou sendo voto vencido e o assunto sequer entrou em discussão no plenário da Câmara Municipal.

ISCA
Essa questão de reduzir o número de vereadores bate de frente com os interesses principalmente dos partidos, uma vez que quanto mais cadeiras maior é o interesse  daqueles que estão do lado de fora, que não resistem a tentação e acabam levando votos para as legendas partidárias.

AUDIÊNCIA DA SAÚDE
silesio miranda
O vereador Silésio Miranda promoverá uma importante audiência pública, hoje, quinta-feira, dia 3, às 19 horas no Plenário Homero Santos, na Câmara Municipal. O objetivo e tratar de temas relacionados à situação da saúde pública municipal. A iniciativa do vereador, juntamente com os vereadores Glaucia da Saúde, Lelis Lima e Mário Milken, tem como principal objetivo debater temas da atual conjuntura do sistema púbico de saúde em nossa cidade. A audiência pública contará com a participação do secretário municipal de Saúde, Almir Fernando Fontes, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Veridiano de Oliveira e o presidente da Fundasus, Sebastião Elias da Silveira. Também foram convidados os promotores públicos Paulo Veloso, Fernando Martins, Lúcio Flávio de Faria e Silva e Luiz Henrique Borsari que discutirão o que já foi feito, em que condições se encontra e o que a administração municipal fará pela saúde no município. (Foto: UIPI)
=========================

ENTRE ASPAS

“Uma de nossas prioridades é com a educação. A formação educacional de nossas crianças e adolescentes é o que vai fazer de Uberlândia uma cidade cada vez melhor. Eles são o futuro, merecem toda atenção e cuidado”.
Do prefeito Gilmar Machado.após inaugurar, nesta terça-feira (1°), o primeiro de cinco novos anexos criados este ano para ampliar a oferta de vagas da educação infantil em escolas da rede municipal. O anexo da Emei Professora Rosângela Borges Cunha está situado no bairro São Gabriel e possibilitou a criação e ocupação de 91 vagas, que atendem crianças de 1 a 3 anos.

“Estão tentando “colar” à minha pessoa a pecha de “rebelde” em relação a minha atuação na Câmara de Vereadores. A estratégia de uma pequena parte do chamado “blocão”(eu disse uma pequena parte e não todos) é usar da minha “independência” para conquistar mais espaços, verbas e cargos na Prefeitura. À esses eu reafirmo que minha postura é sim de independência: de cargos, apadrinhamentos, “boquinhas e bocões” do orçamento municipal. Meu apoio – ou não – aos projetos da Prefeitura não está condicionado a cargos e distribuição de verbas, que colocam a administração municipal refém de “turmas” e seus interesses – financeiros e eleitorais (…)”
Trecho extraído de um desabafo publicado pelo vereador Adriano Zago (PMDB) em rede social.

Nenhum comentário

Deixe seu comentário: